Arrombada por mais de 10 homens no carnaval



Click to Download this video!

Oi, meu nome é Kamille, tenho 16 anos, sou morena clara, 1,63m e 53kgs, seios e bumbum enormes que chamam a atenção dos homens. Fui passar o carnaval em Caxambu, minas gerais com minhas amigas porque minha tia mora la e me convidou, dai a aproveitei para levar minhas amigas. Chegando la no sabado a tarde de carnaval tomamos um banho e minha tia fez um lanche para nós. Após um cochilo para recuperar as energias da viagem saimos pra curtir o carnaval de rua. Nos trocamos e eu quis estreiar minha roupa nova que era um top branco meio transparente que cobria metade dos meus seios sem sutia, saia bem curtinha branca com uma calcinha fio dental vermelha e uma sandalia plataforma de 7 cm. como tenho os cabelos cumpridos ate a cintura não dava pra ver minhas costas nuas, entao minha tia so encheu o saco da saia curtinha, nao falando nada do top.
depois de nos arrumarmos fomos animadas para a festa de carnaval. chegando la pulamos muito e eu nao fazia questao nenhuma de segurar a saia quando eu pulava, mostrando minha calcinha a todos os homens perto de mim. estava ficando excitada ja com eles me olhando gulosos pra me comer.as vezes dançando eu passava a mao nos meus seios deixando os biquinhos durinhos de tesao. de repente começou a chover e logo ficou escura a rua, so com a luz dos postes que eram meio fracas. eu com a roupa branca esta com os seios aparecendo e a calcinha vermelha tambem. nesse momento dois rapazes, um negao e outro moreno claro se aproximaram de mim e perguntaram se rolaria dos dois ficarem comigo e eu perguntei com cara de safada se seria um de cada vez e eles responderam que nao. dai dei um sorriso e falei com cara de safada que nao teria como. e eles insistiram pra que eu fosse conversar com eles num canto pra ver se eu mudava de ideia. foi quando começou uma briga no meio do povao e quando olhei pros lados me perdi de minhas amigas, ficando no meio dos dois rapazes que estavam loucos por uma suruba. nesse momento fiquei preocupada porque o negao estava com o pau duro atras de mim passando a mao nos meus seios em cima do top e o moreno na frente passando a mao na minha xana por baixo da saia. os homens em volta olhavam a cena e davam risadas safadas para os dois caras. eu toda assustada fiquei sem reação, mas nao tentei fugir, nem gritar. so olhava outros homens me vendo e ficando com o pau duro, pois descaradamente passavam a mao sobre a propria calça. foi quando senti a mao do rapaz moreno na minha frente colocando de lado minha calcinha e esfregando meu grelinho dei um gemido de prazer e virei os olhos. quando abri os olhos novamente eles estavam cada um segurando um braço meu e me levando em direção a uma rua escura. perguntei aonde estavamos indo e o negao me respondeu ao pe do ouvido que logo eu iria saber. subimos uma ladeira e quando chegamos ao fim da rua que era sem saída tinha do lado direito uma construção inacabada, sem portas, so de chao batido. eles me obrigaram a entrar la, mesmo eu implorand pra nao fazerem isso. foi quando entramos que vi aqueles homens (eram 10) que ficaram me olhando enquanto os dois passavam a mao em mim no meio da rua. todos vieram pra cima de mim, abaixando as calças e o negao me jogou no chao, abriu sua calça e enfiou o pau na minha boca. nao tive nem tempo de pensar, logo o pau enorme de uns 25 cm estava na minha garganta me engasgando. o rapaz moreno abriu o ziper da minha saia e rasgou minha calcinha e começou a lamber meu cuzinho que ja estava piscando de vontade. ele parou de me chupar e chamou um cara de uns 40 anos e falou pra ele vem que essa é gostosa mesmo, chupa e aproveita que ela ta gostando. enquanto ouvi isso gemi de prazer e aumentava a velocidade do meu boquete. quando o homem mais velho partiu pra chupar minha buceta o negao tirou o pau da minha boca e começou a me beijar. quando parou vi uma fila de homens que queriam suas pirocas chupadas uma a uma em fila. foi o que fiz, enquanto eles se revezavam em me chupar o cuzinho e a xoxota, enfiando dois dedos e ate cinco. gozei tanto que nem precisavam mais me penetrar. foi quando me sentaram no pau do negao enquanto o homem mais velho arrombou minha xota com seu pau nao grande mas grosso. nossa!gritei de dor porque nenhum homem havia comido meu cu nem buceta e foi maravilhoso. para abafar meus gemidos e gritos de prazer colocavam pirocas na minha boca e faziam revezamento para me comer. gozei tanto que perdi as contas. nao tinha mais forças para ficar sentada, entao me seguravam enquanto eu mamava os caralhos dos outros e engolia toda a porra porque sou uma putinha bem obediente. depois que todos me comeram e gozaram na minha cara, me fizeram ficar de novo ajoelhada e davam tapas na minha cara e tambem com o cacete deles moles de tanto gozar. me chamvam de puta, biscate, rampeira e puxavam meu cabelo esfregando minha cara nos caralhos deles . antes de irem embora me ameaçaram se eu contasse pra alguem o que tinha acontecido porque sabiam quem era minha tia. todos se vestiram e sairam da construção exceto o negao que antes de ir me deu um beijo quente na boca e disse que eu fui a puta mais gostosa que ele ja comeu no carnaval e me agradeceu por eu ter guardado meu cuzinho intacto pra ele ser o primeiro a arrombar. depois eles foram embora e eu fiquei cheia de porra no meu cu, na cara, na buceta e nos peitos porque teve uns que fizeram espanhola, com uma dor insuportavel no meu cu e na buceta. acabei adormecendo porque nao tinha forças pra me levantar. quando amanheceu voltei pra casa da minha tia cheio de porra e terra no corpo todo, mas feliz porque foi um estupro maravilhoso!!!todos estavam dormindo e minha tia nao soube de minha ausencia. quero mais vezes essa deliciosa experiencia!!! se quiser tambem viver essa loucura comigo, sejam homens ou mulheres, me escrevam.bjos