Marido joga video-game e eu ganho pica.



Click to Download this video!

Oi, meu nome é Claudia, tenho 32 anos e o que eu vou contar aconteceu quando eu tinha 22. sou morena, tenho 1,64, 60 kg 90 de busto e 110 cm de quadril . desde pequena na igreja, me casei com 20 anos .Meu marido tem 40, é religioso fanatico e sexo nunca foi seu ponto forte.um pauzinho de 13cm pra uma mulher rabuda como eu, pior é que nunca comeu meu cuzão porque disse que é pecado. um domingo à tarde uns irmãos da igreja foram lá pra casa jogar video-game, então fui pra casa da vizinha . fiquei na sala conversando com ela quando o irmao dela chegou da praia e entrou pela outra porta sem a gente ver, ficou escondido me olhando eu estava com um top e saia curta e ele com certeza viu minha calcinha e minhas coxas grossas.
quando minha vizinha foi atender o telefone ele passou pela sala, tomei um susto, ele estava de sunga e eu vi um volume assustador, se ele fez isso pra me provocar conseguiu, fiquei com a buceta toda encharcada. Ele é um moreno alto, forte, barriga tanquinho, na época tinha 29 anos. quando a irmâ dele desligou o telefone me despedi e fui pra casa. fiquei pensando naquele volume. à noite transei com meu marido pensando naquele volume, como sempre ele gozou rápido e me deixou na mão, fui tomar banho e me masturbei pensando no vizinho e gozei muito. tava ficando louca por aquele cara, e quando meu marido saiu pra trabalhar, a mãe e a irmã do meu vizinho também, meu coração bateu forte, eu disse, “é agora ele tá sozinho em casa”,liguei pra casa dele e pedi pra ele ir lá em casa trocar o garrafão de agua pra mim. quando ele chegou eu estava com um shortinho tão curto que mesmo de bermudão pude ver o volume aumentar. como não tinha nenhum garrafão pra trocar peguei ele na sala mesmo e perguntei -“que porra é essa, nunca viu uma mulher não ?” e já segurei o pauzão dele por cima da bermuda, ele disse -“gostosa que nem você eu nunca cheguei nem perto”,baixei a bermuda dele e levei um susto, um pauzão moreno muito grande 23cm, empurrei ele no sofá e tentei abocanhar mas não deu nem a metade, o pau era tão grosso que eu não fechava a mão em torno dele, chupei com tanta fome que ele encheu minha boca de porra,ele levantou me colocou de quadro no sofá, deu uma chupada na minha buceta e empurrou o pau. nunca vi minha buceta tão preenchida, ele metia a pica sem dó fazendo o sofá balançar e bater na parede não demorou pra eu gozar naquela pirocona que era quase o dobro do meu marido. ele sentou no sofá e eu fui sentando naquele pau devagar, mas ele agarrou na minha cintura e me puxou de vez pra baixou, fiquei doida de tesao e comecei a falar um monte de loucuras enquanto eu subia e descia com força naquele cacete, pedia pra ele ir devegar,mas ele metia mais forte ainda, me chamava de vagabunda e metia o dedo no meu cú, até que eu falei que ia gozar, e ele disse que ia gozar junto comigo, gozamos juntos de uma forma muito intensa, fiquei com as pernas bambas, mas o pau dele não amoleceu, ainda me comeu de frango assado,aí gozei de novo,me comeu no papai-mamãe, deu uma gozada na minha cara que parecia que tomei um banho. ele ainda queria mais, queria meter no meu cuzinho virgem mas deixei pra outro dia, fiquei com medo dele arregaçar meu cú com aquela pirocona, e do jeito que ele mete com força, ia destruir meu cú. disse a ele que outro dia eu dava o cú pra ele. ele foi embora e eu fiquei deitada no sofá com a buceta arrombada e com a cara coberta de porra.