MEU COLEGA ME FEZ DE PUTA NA ESCOLA



Click to Download this video!

Ano passado, quando ar recém tinha voltado das férias no interior, eu me mudei pra são Paulo, pois meu pai tinha negócios a tratar lá. No primeiro dia na escola em q eu fiquei, todos me olhavam com muita atenção, eu era bem putinha na época e usava roupas bem chamativas : um shortinho bem curtinho pra mostrar minhas coxas (fora q eu ainda empinava a bunda) e uma blusa com decote. Mas ouve um garoto em especial q me olhou desde o início com muito mais atenção do q os outros. Tratei de me informar, era Gustavo, um puto gostoso q sempre dava em cima de alguém, me contaram q ele já tinha comido o cu de uma das professoras.
Outro dia, depois da escola, meu pai pegou o tradicional transito de são Paulo, por isso iria demorar. Achei q ficaria sozinha, mas Gustavo também ficou até mais tarde. Estávamos na frente do portão de saída, na escada, um do lado do outro. Logo fiquei excitadíssima, com a bucetinha molhada. Então comecei a provocalo botando o dedo na boquinha, fazendo poses eróticas e mto mais. Então ele saiu do meu lado e foi para o banheiro, me deixando ali plantada. Ele deixou as coisas dele no degrau, e eu percebi q ele estava demorando. Então fui até a porta do banheiro, percebi q a porta estava apenas encostada, então abri. Fiquei MUITO espantada, e ao mesmo tempo excitada, ele estava batendo uma punheta. Fiquei um tempo olhando, e me acariciando. Eu estava me deliciando, era um pau lindo, com uns 18 centímetros. Eu queria aquilo na boca, e me fudendo. Quando ele se deu conta da minha presença eu tomei a iniciativa: Fechei a porta do banheiro e disse- você vive botando o olho em mim, não é? Então relaxa agora, tesudo- Me ajoelhei em frente a privada, onde ele estava sentado e peguei naquele cacete. Toquei uma punheta, depois comecei a lamber a cabeça, fui descendo, fazendo minha língua percorrer todo aquele cacete até cegar nas bolas. Então peguei o pau dele pela base e comecei a chupar com movimentos leves, botando quase tudo na boca.Ele não teve nehuma reação, e quando acelerei o ritmo, acabei sendo dmada.- VAI PUTINHA, chupa minha rooola, isso vai, vaii, engole tudo chupa, chupa. Ele n queria gozar assim, comigo pagando o boquete. Então Ele começou a me beijar quanto tirava minha roupa.Quando fiquei nua, ele me botou de pernas abertas no chão, e cmeçou a chupar inha buceta. Abria ela com dois dedos e forçava, enquanto me tia a boca. Eu estava toda molhadinha, cheia de tesão. Então ele me dominou por completo, me botou de quatro e disse- vou te comer sua cachorra, dá essa buceta pra mim!- Essas palavras me deixavam louca. Fiquei de quatro, com as pernas afastada, ele deu mais uma chupada na minha buceta molhadinha. E preparou a rola. Começou enfiando tudo de uma vez só, mas foi fazendo movimentos lentos. Então ele acelerou o ritmo, socando toda aquela rola dentro da minha buceta, tirava o mastro, e botava tudo de uma vez. Ele gozou dentro da minha bucetinha. E como eu não tinha gozado ele lambeu minha xota, e ainda tocava uma pra mim com dois dedos. Gozei na boca dele. Antes de sairmos dali eu ainda chupei o cacete dele, e bati uma punheta. Gozou de novo, na minha boca, dei mais umas Lambidas para tirar o resto da porra do pau do Gustavo.
Depois disso nós nos conhecemos melhor e acabamos namorando. A partir daí ele sempre me fudia, e por sinal, no meu próximo conto vou contar a vocês com ele fudeu meu cuzinho.