Dando o cuzinho no baile funk



Click to Download this video!

Olá pessoal, meu nome é Bruna, tenho 18 aninhos. Sou branquinha de ciabelos compridos, 60kg e 1,62m de altura.
Sempre adorei dançar ainda mais quando vi meu corpo se desenvolver e o efeito que ele causava nos homens em geral. Não via a hora de fazer 18 anos pra poder entrar em certas baladas, que antes adorava imaginar as putarias que rolavam ali!
Enfim, 18 anos e no dia do meu aniversário combinei com umas amigas e iríamos pra uma badalada casa de shows aqui perto de onde moramos.
Tive o dia de princesa, fui ao salão, fiz unha, cabelo e depilação, pois já imaginava como a noite iria acabar! Comprei uma roupa bem provocante e fui pra casa me arrumar. Tomei um banho demorado e me perfumei inteira, coloquei minha mini saia e uma blusinha de seda com as costas nuas, por isso usei sem sutiã. Como a noite era temática, fui sem calcinha pra entrar no clima da casa e entrar vip também haha
Encontrei as meninas por volta das 22h e fomos juntas, quando chegamos ja começamos a dançar e beber aproveitando o máximo da noite. E ei adorando tudo ali. Me soltei e dancei como nunca, chamando atenção de vários caras. Uns deles viam dançar comigo me sarrando por traz. Eu sempre dava uma olhadinha pra ver se era bonito e deixava ate sentir seu pau duro encostando em mim. E depois como quem não quer nada saia de fininho haha
Mais no decorrer da noite um cara me chamou muita atenção, e eu rebolava e olhava fixamente no seu olho pra provoca-lo e fazer com que ele viesse falar comigo. E deu certo, depois de muito olhar pra minha bunda ele veio se encostando por traz, mais me fiz de difícil e virei de frente pra ele. Começamos conversar e comentei que era meu aniversário, ele deu uma risadinha sacana e disse que teria um presente pra mim.
Puchou pela minha mão e me levou pro camarote, eu simplesmente amei, lugar arejado e vazio, sempre me imaginei vendo todo mundo la de cima. Mais logo percebi que era mais uma área vip e so estavamos eu e ele e tinha um local mais escurinho no fundo. Ali ele me agarrou e me lascou um beijo delicioso. Na hora senti minha bucetinha ficando molhadinha e comecei a me insinuar, dancei pra ele me encostando no seu corpo e passando a mão dele estrategicamente pelo meu corpo. Me afastei de novo e desci de frente pra ele ver que eu estava sem calcinha, quando ele percebeu não aguentou, me puchou bruscamente e voltamos a nos beijar, e ele logo colocou a mão na minha bucetinha, percebendo que eu estava encharcada começou a enfiar os dedos em mim, e eu começando a gostar abri minha perna um pouco pedindo pra ele “naaao paaara”.
Ai que ele ficou doido de tesao e me puchou pra um cantinho mais escuro, fazendo um sinal pro segurança.
Ele sentou num sofá e tirou a piroca pra fora, eu não perdi tempo e cai de boca, babando ele todinho, não era grande, mais bem grossinho e ja estava molhadinho também. Chupei por um tempo mais não me contive, deixei ele sentado e comecei a dançar de costas pra ele, fazendo com que minha bunda praticamente batesse em sua cara. Ele colocava a língua pra fora e me olhava com uma cara de tarado que ia me dando cada vez mais tesao. Então fui me aproximando de forma que minha bucetinha se encaixava em sua boca, então ele me chupou loucamente, segurava meu grelinho com a língua e depois chupava bem no buraquinho. Eu louca pedi pra ele chupar meu cuzinho também, e ele adorou a idéia, enfiando a língua e os dedos na minha bucetinha e no meu cuzinho. Ai foi minha primeira gozada, bem na sua boca e ele chupou tudo.
Mais ele ainda não estava satisfeito, então me pediu pra sentar no seu colo, eu sentei, mais não enfiei o pau dele, so fiquei encostando, judiando e rebolando, e ele sentindo o mel da minha buceta no seu pau. Falei no ouvido dele “quero que você me foda bem gostosinho agora”. E ele ja delirando enfiou o pau com força, me arrancando um gemido bem alto. Deu várias bombadas forte, louco, sedento pela minha bucetinha e eu nas nuvens, adoro fuder rapidinho. Mais percebi que ele logo ia gozar então contive ele e comecei a rebolar devagarzinho, conforme o funk, descendo e subindo naquele pau duro como pedra.
Enquanto isso ia beijando seu pescoço e falando besteiras em seu ouvido. Ia sentando com a buceta no seu pau e ele enfiando o dedo no meu cuzinho. Eu estava louca de tesao e nessa hora so gemia, aaah.
Então ele me pediu pra ficar de quatro, e ao pé do meu ouvido falou “agora vou comer seu cuzinho até você gritar vadia”. Eu tentei me virar mais ele ja estava encaixado e minha força foi em vão, nessa hora foi um misto de medo e tesao, até porque ja via que o segurança tava olhando tudo, e ria pra mim com cara de tarado. Aos poucos ele foi enfiando no meu cuzinho, com bastante carinho e eu tentava me arreganhar pra que entrasse de uma vez, no começo tava doendo, mais ele metia de uma forma que eu estava adorando. Ele foi acelerando e eu gritei “me fode vai novinho, arromba meu cuzinho, vaaai” ai que ele acelerou, senti suas bolas batendo na minha bunda, enquanto ele puchava forte meu cabelo e me dava varios tapas na bunda e eu gozando loucamente, foi quando ele gozou também, senti aquela porra quentinha dentro do meu cuzinho, e ele tirando o pau ja amolecendo de dentro de mim. Abaixou minha sainha e me deu um beijo na orelha cochichando “gostou do seu presente?”. Eu sai de pernas bambas e fui pro banheiro me limpar, descemos pro salão onde minhas amigas estavam loucas me procurando e ele voltou pro grupinho de amigos dele. E logo acabou o baile, eu não conseguia mais nem dançar direito rs
Fui embora exausta, mais adorando tudo o que tinha acontecido e louca pra repetir a dose.