A Pobre Menina de Rua



Click to Download this video!

Hoje vou contar o que me aconteceu no Carnaval do ano passado.
Para os que já leram meus contos sabem as minhas preferências. Na quinta feira, 1 dia antes do carnaval, tive que ir no centro para visitar um cliente. Seria minha ultima tarefa antes do feriadão.
Como moro sozinho e estou sem namorada, optei por ficar em SP mesmo. Quando sai da reunião, resolvi fazer uma caminhada pelo centro da cidade. Quando estava passando pelo vale do Anhangabau. Quando vi um grupo de meninos e meninas de rua.
Uma em especial me chamou a atenção. Uma menina novinha (10 anos), branca, magra e com roupas sujas. Ela usava um boné e estava de camiseta, bermuda e chinelos. Parei proximo a eles, e fiquei observando. Uma outra menina, veio até mim e me pediu dinheiro. Ela era mais velha, deveria ter uns 14 anos, e estava bem judiada, além de ser muito feia.
Comecei a conversar com ela. Logo no inicio ela me perguntou se eu queria fazer um programa com ela. Perguntei o preço, ela falou que cobrava R$ 20,00. Disse que daria o dinheiro, mas que na verdade eu queria sair com a outra menina, e apontei para ela qual era. Ela me disse que a menina era nova na rua, e havia se juntado a eles a poucos dias.
Mas que ela já tinha feito programas e que iria chamá-la. Poucos instântes depois as duas vieram. Perguntei quanto ela queria. Ela me disse que só iria sair comigo se eu desse R$ 50,00.
Topei na hora. Paguei a mais velha, e chamei a Cristina (10 anos) para me acompanhar. Fomos até meu carro e ela entrou rápido para ninguém perceber. Ela no começo ficou com um pouco de medo, mas mesmo assim fomos para meu apartamento.
Parei na garagem, e esperei para me certificar que ninguem estaria no elevador. Quando chegamos, ela entrou e ficou encantada com os moveis. Olhaou tudo e disse que eu morava bem. Levei ela para o chuveiro e dei um bom banho. A menina fedia demais.
O cabelo estava duro de tão sujo. Passei um hidratante pelo seu corpo todo. Nos cabelos passei um condicionador e depois usei o secador. Precisei fazer isto antes, pois ela realmente estava suja. Quando terminei a levei para a minha cama.
Não quiz chupá-la, pois a buceta da menina estava muito vermelha, o que indicava que havia feito muito sexo. Foi a primeira vez que precisei usar camisinha com uma menina novinha. Não precisei passar nenhum gel, a bucetinha dela engoliu todo meu pau.
Comecei a bombar lentamente, e fui aumentado o ritmo. Gosei bem gostoso. Depois me deitei e fiquei abraçadinho com ela. Uma menina novinha, sem pelos na buceta (lisinha e inchadinha), sem seios, apenas um biquinho que parecem uma uvinha. Ela dormiu.
Eu fiquei observando aquela belezinha nua e a minha disposição. Deixei ela dormir até umas 21:00 hs. E a acordei com beijinhos e carinho. Ela foi ao banheiro e na volta perguntei se ela poderia ficar comigo alguns dias.
Disse que pagaria para ela, e que daria roupas e um tenis. Ela aceitou. Pedi pizza, e comemos vendo um DVD infantil (Alvin os esquilos). Depois tomamos um banho juntinhos. Ao deitar ela fez uma chupeta deliciosa. Sugava com força e as mãos alisavam minhas bolas. Gosei na boquinha dela. Acabamos dormindo pelados.
Acordei na manhã seguinte, preparei um cafe, e a acordei. Ela estava linda. Resolvi sair para comprar algumas roupas. Por ser sexta-feita de carnaval as lojas estavam fechadas, por isto fomos a um hipermercado. Para evitar problemas, deixei-a no carro esperando.
Entrei rapido e comprei uma bermudinha, uma camiseta, um jogo com 3 calcinhas, meias e um tenis. Rapidamente paguei e fui para o carro. Parei em uma rua com pouco movimento e pedi para ela colocar a roupa nova. Ela ficou bem vestida, nem parecia menina de rua. Só o cabelo estava muito grande e sem corte. Passei em um salão que estava aberto.
Combinei com ela de me chamar de pai. Não conhecia ninguém neste salão. Deixei o carro a umas 3 quadras, para evitar de verem a placa. Entramos e pedi para cortarem, lavarem e fazerem uma escova. Demorou quase 1 hora. Ela ficou parecendo uma princesa. Fomos para casa.
Deixamos as roupas velhas e sujas, e saímos para o shopping. Almoçamos no Mc Donald, depois fomos ao playland e ela brincou em vários jogos. Depois fomos ao cinema. Fiquei na última poltrona, e pareciamos dois namorados. Na volta para casa ela me pediu para comprar cigarros.
Resolvi agradá-la e comprei um maço. Chegamos em casa, tiramos a roupa e transamos gostoso. Fiquei com esta menina 4 dias, tive que comprar roupas, tênis e cigarros. Mas este foi o meu melhor carnaval de todos.
Gozei muito, comi até o cuzinho dela. Ela me contou que saiu de casa, pois o padrasto tinha estuprado ela e sua mãe o ajudou. Ele violentava ela praticamtente a semana toda.
Além disto batia e disse que ela iria ter que transar com os amigos dele. Fala isto na frente a mãe, que não fazia nada. Fiquei com dó e queria ficar com ela para sempre. Mas é muito arriscado, pois qualquer vizinha fofoqueira pode denúnciar. Na quarta-feira de cinzas, eu a levei para o centro. nos beijamos muito e chorando a ví partir. Depois disto nunca mais consegui vê-la..