Filhinha Curiosa 2



Click to Download this video!

Parte 1… Entramos no quarto e eu a abracei estava pelado, meu pau duro cutucando a barriga dela. Apertei-a e beijei sua boca.
Seu corpo colado, amoleceu, senti as mãozinhas dela entrando entre a gente, os dedos tocando meu pau, envolvendo, segurando, apertando. Começou a me punhetar, continuávamos nos beijando, minhas mãos passeando pela costa dela, descendo, segurei sua bunda redonda e macia, apertei. Ela abriu os olhos sorrio sem graça. Beijei o pescoço, subi a mão. Achei o zíper do vestido, desci ele todo.
– O que esta fazendo pai?
– Deixando vc mais a vontade?
– Tenho vergonha
– Deixa eu tirar o vestido, também quero ver você.
Ela ficou pensativa, beijei seu pescoço novamente. Orelha, voltei a beijar a boca dela.
– Posso tirar seu vestido?
– Pode Pai
Ela desceu os braços, puxei as alças. Confesso que tremi ansioso para ver os pequenos seios dela. O vestido descendo, quando os peitinhos apareceram soltei o vestido deixando ela só de calcinha.
Segurei elas pelos braços, ela muito envergonhada, puxei um abraço sentido os bicos duros em mim, me esfreguei nas tetinhas.
– Vc é muito gostosinha filha. Emendando outro beijo.
Minha mãos desceram pelo ombros ate os seios, toquei eles pela primeira vez, senti os bicos, apertei ela suspirou. Enquanto massageava os seios beija a boca dela, o pescoço. Deixando ela arrepiada
Peguei sua mão e coloquei no meu pau. Ela segurou firme e voltou a bater punheta para mim. Ela suspirava, tremia, eu gemia no ouvido dela e beijava.
Sentei na beirada da cama dela. Ela veio sentar ao meu lado, disse para ela ficar em pé.
-Não quer que eu bata mais punheta pai?
-Quero, mais primeiro quero outra coisa
-O que pai?
-Vem aqui.
Coloquei ela entre minhas pernas. Abracei e olhando para ela comecei a mamar nas tetinhas… Ela riu gemeu.. beijava e brincava com a língua nos bicos.
A mão direita apertava a bundinha dela. A Esquerda carinhos na barriga. Apertei a bunda e colocava a mão entre as nadegas. Quando toquei o cuzinho dela, ela travou o bumbum deixando meu dedo preso. Não tirei… Deixei… Continuei mamando e brincando nas tetinhas… Ela foi relaxando e deixou meu dedo livre para brincar. Dava dedadinhas no cuzinho dela e ela gemia.
Desci a mão em direção a bucetinha… Brinquei com o elástico mais fiquei por cima da calcinha, passei o dedo na rachinha, ele gemia e tremia.
Quando ela disse que estava gostando foi à hora de tirar a ultima peça de roupa. Segurei a calcinha pelos lados e puxei para baixo, ela não tentou evitar e pude tirar tranquilamente. Continuava beijando os seios dela, puxei a calcinha ate os pês.
Comecei a subir por entre suas pernas, toquei em sua buceta lisa… meladinha… Meus dedos brincando entre os lábios da rachinha… A outra mão no bumbum com o dedo dando toques no cuzinho e ainda beijando os seios, lambendo os bicos. Ela já suspirava e gemia bastante.
Trouxe ela para mais perto da cama, virei ela, ela sentou, a fiz deitar de barriga para cima. Beijei sua boca.. Minha mão massageou as tetinhas. Comecei a beijar o pescoço, minha mão desceu em direção a sua buceta. No momento que passei a beijar as tetinhas minha mão tocou a bucetinha mais melada… Ela afastou as pernas… Deixando que eu a tocasse.
Desci mais e passei a beijar a barriga, depois a parte de cima da bucetinha, subi na cama, me posicionou de frente para ela, entre suas pernas e pela primeira vez beijei a bucetinha… O gemido dela foi longo… Ela tremeu toda… Sorri para ela. Ela sorriu de volta. Voltei a beijar a bucetinha.
Comecei só com beijinhos. Por toda ela. Ela tremia e erguia a cintura. Passei a língua entre os lábios.. Terminando no grelinho. Ela quase sentou na cama com a sensação. Depois caiu deitada. Passei a chupar a bucetinha, alternando entre beijos e lambidas. Forçando as vezes a língua para dentro da bucetinha.
Ela puxou meus cabelos. Sentir o corpo tremer e se ergue… A buceta se inundou de mel. Bebi tudo. Ate que mole ela caiu na cama.
Perguntei se ela tinha gostado.
-Foi a melhor coisa que já senti ate hoje pai.
Sorri e me levantei. Fiquei ao seu lado de pau duro. Peguei suas mãos e coloquei nele. Ela segurou firme e passou a me punhetar.
Pedir para ela sentar, ela sorriu e sentou. Segurou ele e me olhando beijou a cabeça. Fiz carinhos no rosto dela.
Ela se aproximou novamente e tocou os lábios… Depois a língua. Deu uma lambida na cabeça, abriu mais a boca e deixou o pau entrar… Fechou a boquinha e começou a brincar com a língua. Comecei a forçar mais o pau para dentro da boca e ela passou a fazer um vai e vem. Começou tab. a chupar.
Fiquei fudendo a boquinha dela, fazendo carinho no rosto. Quando estava quase gozando não aguentei e segurei sua cabeça, soltei jatos e jatos de porra na boquinha dela. Ela engasgou um pouco. Deixando assim um pouco escorrer pelo queixo. Caindo nas tetinhas. O resto ela manteve na boca. Disse que ela podia cuspir se quisesse ou podia engolir que não tem problema, ela cuspiu deixando cair na barriga dela e ficou espalhando pelo corpo, na barriga e tetinhas.
Me abaixei e beijei a boca dela.
E fomos tomar banho.