Minha Iniciação ao Clube dos Cornos



Click to Download this video!

Bem o que vou relatar para você aconteceu mesmo, e verídico, eu sou casado, e adoro sexo, e um dia fui convidado a participar de uma transa a três, adorei, depois fiquei com a culpa na cabeça, pensando que eu me divertia e minha esposa não, sou casado a bastante tempo casei-me muito novo,ela era virgem, não conhece outro homem sexualmente, e por ser uma mulher muito bonita, umas pernas bonita loira, não muito alta, uma bunda maravilhosa volumosa empolada, que chama muito a atenção quando coloca calças de laycra, todos olham eu então depois desta transação fiquei com isso na cabeça, mas como fazer.

Um dia comprei uma revista Private e nos anúncios deparei com um de um cara bonito de meia idade, eu não acreditava muito não eu acha que isso fosse mentira, mais resolvi escrever a ele, ele me respondeu marcamos um encontro para se conhecer e foi legal, o cara era muito educado de uma Cidade vizinha a minha, conversamos e expliquei a ele a minha ideia e que eu iria tentar e se desse certo entraria em contato com ele, ele me forneceu o telefone, deste dia comecei a comentar com ela a respeito, mais ela não acreditava, acha isso um absurdo, o marido deixar a mulher transar com outro homem e el ficar olhando, mas eu insistia na conversa, quando foi um dia na cama eu mostrei a revista para ela, mostrando a foto do cara pelado de rola dura, e que rola, senti que ele gostou da foto, comecei brincar com ela alisando a sua bunda e acabei dizendo já pensou aquela rola aqui dentro, pois ela adora sexo anal, ela disse você e louco, esta pica iria me arrombar todinha, eu respon di iria nada tenho certeza que você iria adorar conhecer outra pica o cara não e bonitão, ela respondeu sim ele é muito bonito, notei que ele estava entrando na conversa, já não estava ficando brava, e sim com tesão, eu insisti, já pensou ele te fodendo metendo esta rola todinha nesta bocetinha, e enfiei o dedo, ela estava toda molhadinha, eu disse você esta com tesão, ela respondeu também você fica falando estas coisas, eu aproveitei e coloquei a rola na boceta dela,, como a minha rola e pequena eu disse a ela já pensou aquele rolão aqui dentro agora, ela então falou para de falar estas coisas, eu perguntei por que, ela respondeu porque você fica atiçando e eu tenho que ficar com esta mesmo, eu então perguntei você teria vontade, ela então falou pelo que parece você esta querendo ser corno, esta querendo que eu de para outro homem, eu respondi, e se eu quiser, ela disse você e quem sabe depois não reclame, pelo jeito você já tem alguém em mente que m seria, eu então completei este cara da foto mesmo, ela perguntou como assim isto e uma propaganda, eu disse não, este cara e conhecido meu e mora na Cidade vizinha, se você quiser podemos tentar, ela respondeu você quem sabe acabamos transando e gozamos gostoso.

No dia seguinte de manha eu liguei para o Fernando e deixei mais ou menos marcado para sexta feira a noite, isso era uma quarta feira, quando cheguei em casa depois do trabalho quando fomos para a cama eu não toquei no assunto para ver a reação dela, ela deitada perguntou esta com sono eu disse não, porque, queria saber da conversa de ontem, como ficou se e serio mesmo ou é só conversa, e ela estava com a revista, eu respondi você e quem sabe, se quiser, ela disse agora fiquei com vontade, eu então disse que havia marcado para sexta feira a noite, ela perguntou mais a onde a gente iria, eu disse em um motel, ela respondeu eu tenho que entrar no motel com dois homens, eu falei mais não tem problema um de nos dois se esconde ninguém vê nada, e transamos de novo ela com um tesão danado.

Quando foi na sexta feira ela se produziu toda ficou um tesão e fomos ao barzinho marcado sentamos numa mesa logo ele chegou o Fernando, apresentei ela a ela, e ficamos conversando e bebendo alguma coisa, ela estava nervosa, tremula, sem jeito, mas ele muito educado foi conversando e junto com a bebida descontraiu um pouco, depois de algumas horas ele perguntou que tal a gente irmos a um lugar mais tranquilo, e saiu foi ao banheiro, eu então perguntei e ai vai querer ir, ela respondeu você tem certeza que e isso que você quer não vai haver cobranças, eu posso fazer o que eu quiser, eu respondi claro, ela perguntou tudo mesmo, como beijar na boca, chupar o pau dele, eu disse faça o que tiver vontade, não vou interferir em nada, ele vinha vindo então ela disse vamos.

Saímos e fomos como o motel era um pouco longe, na estrada ela disse que iria atrás com ele, eu disse tudo bem, ela já estava meio altinha devido a bebida, entrou com ele atrás, logo que saímos ele já começou a alizar ela e começaram a se beijar na boca chupando a linguá mesmo, eu já estava de rola dura, quando ele tirou a rola para fora, ela disse nossa, amor a coisa e maior que parece na foto, tem uma cabeçorra, e começou a chupar, ela gemia muito, quando foi chegando no motel ela passou para a frente, entramos eu dei um tempinho fechando a garagem, quando cheguei no quarto eles já estavam nus se chupando, nosso que visão, a primeira vez que eu vejo a minha esposa com outro homem nua na cama,,ele chupando a boceta dela ela ficou chamando ele vem vem aqui vem mete esta rola aqui dentro mete,,ele foi subindo e começou a penetrar aquela rola na boceta dela, nossa ela gemia gritava devagar, caralho esta doendo, ele então perguntou quer que eu tire, ela disse não deixa assim vai colocando tudo, e não demorou muito para ela esta toda aberta e com a rola todinha lá dentro, eu por trás só via o saco de fora, que visão, que delicia, ele virou ela e colocou ela para cavalgar nossa ela pulava em, cima da rola dele, e ela já tinha gozado umas três vezes ou mais, mais ele acabou gozando, ficaram parados por um tempinho, eu por trás tirei a camisinha e chupei a rola dele todinha que loucura, minha tesão era de mais, deixei ela limpinha e chupei ate a porra da camisinha, ela deitou-se de lado eu cai de boca na boceta dela, eles se beijando e eu chupando a boceta dela,, nossa coisa de louco mesmo, gozei que nem louco, sai fui ao banheiro me lavar estava com a cara toda esporrada, quando voltei ao quarto escutei ela falar que atrás ela não iria aguentar, ele disse aguenta sim, eu coloco bem devagarinho, ela adora dar o cuzinho, mais realmente a rola dele era cabeçuda,, ele como bom profissional trouxe um lubrificante lambuzou b em o cuzinho dele, e começou a briga para colocar aquela rola para dentro, nossa ela reclamava, mandava tira tira esta doendo, mais também não desistia, ele tentava de novo,, teve uma hora que ela gritou tanto que eu pensei o pessoal vai escutar o barulho, fui então falar olha se ela não aguenta e melhor parar, ela disse você falou que não iria intervir em nada, fica quieto já entrou a cabeça agora vai, todinha, nossa eu sai fiquei de atrás, nossa que coisa ela aguentou todinha na bunda, ele segurou ela pela cintura, puxou a bunda dela para cima ficando quasse que de pé na cama e ela de quatro, e socava, nossa que visão, ela só gritava quando ele tirava a rola todinha para fora e socava de novo, quando a cabeça passava fazia um estrago, como ele já tinha gozado uma vez a segunda e mais demorada ele judiou do cu dela, ate que gozaram os dois caíram na cama desmaiaram ele ficou com a rola dentro, ela deitada com a bunda para cima e a rola dentro, foi ficando dura de novo dentro do cu dela, e ele bombou de novo, ate gozar novamente, nossa ela ficou com o cu ardendo, ele se levantou foi tomar um banho, e aproveitei e comecei a chupar o cu dela todo melado de porra eu mesmo gozei três vezes, nossa que delicia, fomos embora, eu fui levar ele ate o carro dele.

No caminho de casa começamos a conversar eu perguntei como foi gostou, ela disse apesar de estar com o meu cu ardendo, foi maravilhoso, eu consegui gozar duas vezes com a rola todinha na minha bunda, que delicia, e você curtiu vendo sua mulher sendo uma puta, dando para outro macho, eu adorei, ela então disse como você falou que não tem cobrança, eu vou te confessar uma coisa, eu perguntei o que, ela então falou o seu amigo Jacob, ele e meu amigo esta sempre em casa saímos juntos, gente boa, eu perguntei o que tem o Jacob, ela disse ele me olha com olhos de tesão, me come com os olhos, eu já fiquei molhadinha só em pensar nele, tenho o maior tesão nele, mas nunca dei abertura por ser uma mulher casada, mas agora que eu sei que você quer ser corno eu quero foder com ele, mas sozinha, pelo menos pelas primeiras vezes, quero ter o prazer de conquistar ele, e que ele não saiba que você esta consentindo, quero que ele pense que eu estou te traindo, que ele pense que eu sou uma safada, uma puta traindo o marido, depois com o tempo a gente fala para ele, na situação que eu estava não poderia falar nada e nem proibir, bem porque se não ela não iria querer sair mais com ninguém, mas esta historia eu conto numa próxima vez,. espero que esta historia seja publicada para depois você entenderem a segunda parte. Obrigado .