Ladrões Comeram Minha Esposa na Minha Frente



Click to Download this video!

O que vou contar aconteceu em janeiro agora de 2015. Moro Foz do Iguaçu uma cidade meio violenta, pois faz divisa com Paraguay e Argentina e onde existe muito bandido e muito assalto.
Estávamos em casa, eu e minha esposa assistindo tv, já era meio tarde da noite, tipo umas 23:30, estávamos quase indo dormir quando dois cara invadiram nossa casa por uma janela que estava aberta.
Nos renderam e amarraram, e queriam dinheiro. O que tinha de coisas pequenas, fáceis de carregar e de valor ele juntaram tudo, tipo algumas jóias, um pouco de dinheiro, celular, relógios. Eu estava amarrado em uma cadeira e minha esposa estava na minha frente em outra.
Quando achei que eles já estavam de saída, um dos caras se interessou por minha esposa. Ela é bem gostosa, tem 22 anos, morena, seios médios, rosto lindo, coxas bem torneadas, uma bundinha perfeita, 1,60 de altura, nem magra nem gorda, uma barriguinha linda que ela malha na academia, resumindo, chama a atenção dos homens.
Eu até tentei me soltar, tentar impedir, mas um dos caras me bateu e tive que se aquetar. Minha esposa entrou em desespero e chorava, dai o cara falou que se ela chamasse atenção de alguém ou algum vizinho seria pior, e ela se aquetou.
Os dois foram pra cima dela, na minha frente, e eu vendo tudo sem poder fazer nada. Desamarraram ela e começaram a tirar a roupa dela. Ela me olhava e chorava baixinho. Até hoje ela só tinha sido minha, nunca tinha ficado com outro homem na vida dela. Deixaram ela só de calcinha. Então se despiram e fizeram ela chupar o pau deles. Ela tentou resistir, mas não teve escolha. Os caras me olhavam, me chamavam de corno e davam risadas. Ela chupava um pouco um, depois o outro e as vezes os dois ao mesmo tempo. Um cara era negro e tinha um pau enorme, tipo uns 22 cm meio grosso e o outro era moreno e tinha um pau normal, tipo o meu, 18 cm.
Depois de algum tempo, o cara moreno arrancou a calcinha dela e começou a chupar a xaninha dela.
Eu nunca tinha pensado em minha mulher com outro cara, e apesar da situação, eu estava ficando muito excitado com aquilo tudo que estava vendo, minha esposa chupando um cara e outro chupando a bucetinha dela.
Depois de umas chupadas, o moreno começou a esfregar o pau na buceta dela, e penetrou ela. Pelo menos, os caras não estavam machucando ela, pelo menos pelo que eu via.
O cara moreno estava no maior vai e vem na minha esposa, e o outro metia o pau na boca dela, que mau entrava a cabeça, pelo tamanho daquilo.
Não demorou muito e ambos gozaram. O moreno na buceta dela, fazendo escorrer porra pelas pernas e o negro que encheu a boca dela de porra, e fez ela engolir tudo, quase se afogando.
Depois, o cara negro fez minha esposa ir por cima dele, e aos poucos foi penetrando aquela pica enorme nela, que dava gritinhos de dor, mas depois foi se acostumando.
O cara moreno foi por traz dela e queria comer o cúzinho dela. Ela implorou para ele não fazer aquilo, pois ela nunca tinha dado a bundinha. A gente nunca tinha feito anal. Mas não teve acerto, ele lubrificou ela com cuspe e foi colocando a cabeça do pau que devagar foi entrando. Ela chorava, acho que de medo, de vergonha da situação e de dor ao mesmo tempo. E estavam la, fazendo uma dupla penetração na minha esposa, que sempre foi tão inocente, que nunca havia conhecido outro homem, bem na minha frente, e eu estava envergonhado, pois estava muito excitado, estava com medo sem saber aonde isso terminaria.
Depois de muito vai e vem, os dois pararam e colocaram ela na frente deles de joelho e gozaram na cara dela e na boca, fazendo ela engolir. A coitada estava extasiada, estava toda melecada.
Satisfeitos, os dois caras deixaram minha esposa deitada no sofá, em choque. Se vestiram, pegaram as sacolas com nossas coisas e foram embora.
Depois de algum tempo minha esposa conseguiu se levantar, me desamarrou, aos prantos, chorava muito. Chamamos a policia, mas até hoje nunca pegaram ninguém. O que a gente fez foi se mudar para um apartamento, mais seguro.
Não falamos muito sobre o ocorrido e tentamos levar nossa vida normalmente, mas aquilo não me sai da cabeça, ver minha naquela situação, e já me masturbei muito pensando na cena que vi. Acho que minha esposa até gostou, mas não fala. E agora estou comendo o cúzinho dela bem gostoso.

Se alguém quiser conversar meu e-mail é: [email protected]