Filha da namorada no carro



Click to Download this video!

Alguns anos atras, voltava da praia com minha namorada, filha e casal de amigos, qdo carro deles deu problema, atras em outro carro vinha outro casal e a sogra deles. meu amigo resolveu chamar o guincho, eu minha namorada e a filha dela fomos para o outro carro, não direi nome dela, vou chama-la de Valéria na época com 11 anos teve de sentar no colo da mãe pois o carro estava cheio, sentamos eu, a mãe dela e a sogra de meu amigo e ela no colo da mãe, no meio do caminho a mãe estava com as pernas doendo e ela veio para meu colo, de shortinho e mini blusa sem sutiã, com balanço do carro ela se esfregando meu pau foi ficando duro, não tive como evitar, minhas mãos em seu colinho, tudo me excitando muito, ela percebeu meu pau duro e deu um sorriso maroto, comecei discretamente acariciar sua barriguinha e seus seios, ela colocou a mão por baixo das coxas e acariciava meu pau, fui a loucura, chegamos em SP, tive que disfarçar para descer do carro, despedimos de nossos amigos e entramos na casa dela, Matilde, assim chamarei sua mãe, foi logo para o banho, ficamos na sala, chamei ela e comecei acariciar seus seios, pequenos, mas pontudinhos, q delicia, mamei neles e acaricie sua xana, matilde terminou seu banho e veio pra sala sentando ao meu lado, Valeria foi até a cozinha e matide me disse, percebi algo diferente entre vcs dois, fiquei sem saber o q falar, logo perguntei como assim? ela, vc estava acariciando seios da valeria no carro, euuuuuu, sim vc, mas tudo bem, q fique somente entre nos, eu me excitei muito com aquilo, começamos a nos beijar e ela tirou meu pau pra fora e começou a mamar, nisso valeria entra na sala e fica olhando sorrindo, matilde chama
ela para junto de nos, pede q ela chupe meu pau e começa acariciar os seios dela, depois fomos para o quarto, e la mamei sua chaninha, matilde pediu par cmer o cuzinho dela ma não quebrar o cabaço da bucetinha, foi o q fiz, q delicia ela chorou no inicio depois q o pau estava la dentro, de leve comecei com o entra e sai, ela vibrava e matilde acariciava a bucetinha dela, essa menina gritou até qdo teve seu primeiro goso, depois Matilde começou a mar meu pau até eu gozar deliciosamente em sua boca, a qual ela passou porra pra boca da filha tbem num longo beijos, esse foi nosso inicio, o reszto conto em outra oportunidade.