Cadelinha do Vovô 2



Click to Download this video!

Cadelinha do Vovô 1 – Continuando minha história de cadelinha com o vovô tarado, foram dois anos de chupadas, linguados, mamadas e muita esfregação. Meu vovô ia me pegar todo fim de semana religiosamente, eu tava viciada nele e rezava para chegar a sexta. A vovó e meus pais nem imaginavam o que o vovô fazia comigo, e eu com ele, quando fiz 9 anos o meu presente foi o melhor, minha mamãe teve que operar um susto no ovário e minha vovó foi ficar com ela, como estava de férias implorei para ficar no Sítio e minha mãe disse que não porque iria atrapalhar o vovô, mais meu vovô. Disse deixe filha eu vou adorar. Pelo menos não fico sozinho, ela já é uma mocinha e vai me ajudar muito, ai que alívio ela concordou. Como pra o sítio rindo o caminho todo, ele disse que susto cadelinha pensei que ia ficar sem sua bucetinha, rimos muito. Chegamos a tardinha e ele do tomar banho e eu também quando cheguei na cozinha ele disse vamos comer e assistir um filmezinho daqueles de trepadas. Jantamos e fomos pro quarto, o vovô. Pôs o filme e nos deitamos. Ele tomou um comprimido e tirou a roupa. Tirou a minha e abrindo minhas pernas ficou olhando minha bucetinha e batendo punheta, ele disse hoje vamos poder fazer mais gostoso. Hoje meu pai vai entrar igual aquela puta do filme,essa bucetinha vai aguentar, quero sentir vc mastigar meu pau com essa bucetinha, delícia do vovô, ele cuspiu e ficou abrindo, deslizando os dedos, dava uma chupada, mamava e lambia. Eu já. Levantava querendo que ele comesse com a boca, o pau dele tava muito duro, ele batia e gemia, me fez esfregar a bucetinha no pau dele, que delicia eu amava, depois me pôs pra chupar seu pau enquanto me lambia, me fazia engasgar, tava tão bom aquela língua na minha bucetinha. Ele me pegou, me deitou na beira da cama e disse espera, voltou com um pote de margarina e disse isso aqui vai fazer entrar gostoso, passou na minha bucetinha com o dedo até la dentro, e depois passou no pau, falou vc agora vai ser uma putinha completa. O vovô. Vai arrombar sua bucetinha, e foi esfregando o pau. Esfregando, quando começou a forçar a cabeça, senti uma dor, ele disse relaxa cadelinha, vai ser melhor com vc arrombadinha, ai que tesão gostoso, senti minha bucetinha estourar, uma dor terrível, ele tinha socado tudo e parou, ficou falando sem parar, que tesão. Da porra. Que bucetinha gostosa, vc agora ta arrombadonha, o vovô vai poder meterem vc, ai que tesão. Minha netinha e começou a mexer pra dentro e pra fora, a dor foi passando, foi esquentando, e eu gostando, ele gritou vou gosar minha putinha, ele gosou dentro de mim e eu amei, quando tirou o pau me levou na pia e me lavou, me deitou na cama e caiu de boca me chupando, passando a língua e sentindo o estrago que fez. Ele abria a bucetinha com ad duas mãos e lambia muito. Se deitou e me pôs sentada na sua boca, a sua língua tava no meu grelo me deixando louquinha, depois foi me descendo pelo seu peito até. Encostar no seu pau que estava duríssimo, fiquei me esfregando quando ele disse pode sentar nele vc ta arrombada e vai entrar todo, ele pegou o pau e ficou pincelando até. Encaixar no meu buraquinho e senti aquilo entrar, que tesão o pau dele entrando na minha bucetinha, não quis naquela posição porque tava doendo, ele me pôs deitadinha arreganhou bem minhas pernas cuspiu e disse ainda tem porra ai dentro vai ser melhor. E do socando, doía muito, mais era bom, e tinha uma hora que era so ardor e um tesão. O vovô. Tava tão tesudo que ele gemia, gritava, me chamava de cadelinha, que minha bucetinha era mais gostosa que a de mamãe e gosou. Ele caiu de lado da cama e disse vc me deixa louco, pôs a mão na minha bucetinha cheia de porra e ficou com o dedão brincando aquilo era bom, ele disse vamos dormi que a semana vai ser longa pra te fuder. Eu ri e dormimos, acordei com a língua do meu vovô no meu cuzinho, ele tava enfiando ela, cuspia abria com as mãos e lambia, com o dedão ele socava, melou de manteiga e socou um dedo, chupava e socava, quando viu que acordei disse seu cu me deixa doido, vamos fuder putinha, vem buceta a vovô, olha como vc me deixa, meu pai vai estourar, ele me virou e lambeu meus peitinhos, desceu pra minha bucetinha e gemia alto, eu adorava a língua dele, ele me fez chupar seu pau e falava que minha mãe também fazia nele, que ela era a putinha dele, que ela adora da o cu. Ele me virou pôs. Manteiga no pau, no meu cuzinho, pôs. Duas almofadas embaixo de mim fiquei com a bundinha pra cima, ele esfregou o pau me deixando doidinha até. Que socou a cabeça e eu gritei, ele disse calma, haja vai ser so tesão, ai foi socando, me lambendo as costas, falando no meu ouvido que meu cuzinho era lindo, ele vai aguentar meu pai dentro pode confiar em mim, seu cu e faminto eu sinto na minha língua o que ele deseja, vai putinha relaxa este cu, da gostoso pra teu vovô, senti meu pai no seu cuzinho, senti ele te rasgando as preguinhas, ele foi socando e senti o pau dele me rasgando mesmo, ele começou a bombar sem parar, ai deu grito dizendo vou gosar dentro do seu cu filha da puta, e gosou. Eu fui tomar banho tava toda melacada, ele ficou deitado sem se mexer, quando deitei ele disse td bem? Falei que sim. Ele disse vc agora e una puta, minha putinha safadinha, gostou de dar a bucetinha e o cuzinho? Eu disse que no cuzinho era mais gostoso, ele disse também acho, mas sua bucetinha é muito gostosa, eu adoro, passamos o dia todo na cama, ai ele me contou que ele fazia com a mamãe desde que ela tinha 4 anos e ela adorava, comeu ela de verdade quando ela fez 9 também, e ela adorava, e que ela já fez com o seu joão, que tinha dia que ela queria dois um no cu e um na bucetinha, e ele adorava ver a filhinha dele comendo o pau do seu joão, que o pau do seu joão é maior que o dele, disse que chegava no celeiro e mamãe. Tava chupando seu joão ou de 4 com seu joão. Comendo o seu cuzinho. Eu fiquei tesudinha e pedi pra ele mexer na minha bucetinha, ai ele me pos de conchinha e perguntou quer cadelinha dar a se joão também, vc vai dar e o vovô fica olhando minha putinha fuder com aquele velho babão, diz cadelinha que vc quer, imagina eu e ele te chupando, um no cuzinho e o outro na bucetinha, imagina dois paus esfregando em vc, nossa gosei gemendo e dizendo que sim quero fuder com os dois, vovô eu quero. Mais isso é pra um outro conto bjs.