Comi minha prima quando ela era pequena



Click to Download this video!

Olá sou Márcio não sei escrever relatos direito pois sou ruim em português mais sempre fui de uma família bagunçada quando pequeno um cara que não sei quem é não me lembro pela idade que eu tinha me chamou em sou quarto abaixou meu shorts e o dele me colocou sentado no colo dele depois veio e sento no meu ficamos ali acho que por uns vintes minutos foi oque basto para despertar em minha a tara por bundinha.
Sendo assim o começo de tudo que vivi na vida, passávamos férias de final de ano no estado de Goiás lá era onde morava a filha de minha madrasta e as priminhas dela assim brincávamos sempre dava um jeito de uma ou outra sentar em meu colo sempre com meu pintinho de fora e elas sem calcinhas como lá na época era como sítio tinhá a casinha privada de roça era um dos lugares preferidos das meninas elas ficavam peladas sempre uma ficava lá e outra me chamava e mandava eu ir lá e assim era o final de ano sempre assim.
O tempo passou as meninas cresceram e não davam mais bola para mim foi ai que apareceram as novas priminhas eu sempre tarado por bundinhás fazia de tudo por uma bunda trocava álbuns de figurinhas por bundinhas mais ainda não sabia bem oque fazia.
Fomos morar num bairro pacato de Curitiba foi a melhor coisa que minha família fez pois lá tinha uma vizinha com duas filhas terreno grande eles plantaram mandioca milho e sempre tinha aonde se esconder com as filhas da vizinha e eu sempre se passando meu pintinho no rego delas e assim foi até que mudamos de casa eu já maiorzinho na mesma rua foi onde tinha um beco três terrenos ao lada da nossa casa lá conheci uma menina que também gostava de brincar a noite no terreno vazio me ensinando que tinha que por meu pintinho pra dentro isso eu tinha 10 anos ela uns 12 ai sim as brincadeiras ficou melhor foi quando tinha aqueles álbum do chicletes Ping Pong e eu sempre mandava carta e tinha sobrando em casa foi quando um menino menor que eu disse que queria um logo falei me dá a bundinha e eu to dou o álbum ele topou como tinha ali mais colegas um quis ver deixamos mais nada aconteceu no noite seguinte o mesmo menino veio e disse não vai me dá o álbum eu logo disse então vamos ali no marinho como tinha aprendido com a menina que tinha que empurrar pra dentro foi meu primeiro cuzinho que comi mesmo menino da pau pequeno ele chorou e eu ali em cima até sentir um gozinho que já sentia.
Assim foi até quando não tinha mais pois os meninos todo da rua ficaram sabendo e ninguém mais queria troca nada comigo foi onde vi que podia fazer com minhas primas tinha duas em casa pois no terreno onde morava tinha duas casas a grande onde morávamos e uma das tias morava conosco que tinha uma menina e meu tio casado com dois filhos um menino menor que eu e uma menina também na mesma idade da minha outra prima no começo só ficava me esfregando nelas ai vi uma oportunidade de ir além daquilo pois eu com 13 anos tinha meu quarto dormia sozinho já tinha minha revistinha pornô e já sabia que tinha que colocar naquele buraquinho maravilhoso foi ai a ideia de brincar de médico uma das primas a mãe usava nela supositório então sempre que eu abaixada a calcinha dela ela ficava nervosa ai logo descartei ela só esfregava nela naquela bundinha branca linda mais a outra logo na primeira perguntei se tem medo de injeção ela disse não foi onde empurrei meu pau todo nela logo ela disse que sua barriga tava doendo eu tirei meu pinto de dentro dela e logo coloquei Diogo assim até gozar.
Mais e mais se passava os dias e eu com minha duas priminhas brincávamos uma nunca deixo eu colocar na bundinha dela mais a outra sempre era no quarto atrás da casa enconstado no murinho sempre as duas juntas até que um dia a vizinha deixou seu filho de quatro anos brincar com a gente na verdade com minhas primas mau ela sabia que eu estava lá brincadeiras daqui e dali levei o menino pro meu quarto abaixei sua calça coloquei ele encostado na cama de bundinha arrebitada e logo coloquei meu pau atolado naquela bundinha branca minutos depois ela disse que sua barriga tava doendo eu invés de tirar fiquei com o pau cravado naquela bundinha branca e pequena as meninas lá fora perguntando oque ele tavá chorando disse que tinha caído e logo que ele se acalmo abri a porta do quarto e fomos brincar.
Mais as priminhas sempre ali dia a dia e eu sempre aplicando injeção numa vi na revista que o cara comia a mulher deitada de barriga pra cima com as pernas levantadas tentei e ela não aguentou e me disse coloca aqui apontando a bucetinha eu com medo de sangrar muito disse vamos do jeito que a gente sempre faz coloquei ela na cama deitada com a bundinha arrebitada e coloquei dinovo.
Eu sempre olhava a revista e aplicava na priminha de três anos vi lá a mulher em pé e o cara lambendo a xana da mulher e eu dinovo apliquei o que vi coloquei ela de pé eu sentado no chão abri bem suas pernas curvei ela pra frente encostada na parede e comecei a lamber aquela xaninha peguei a bundinha dela e abri foi a visão mais linda da minha vida uma bucetinha toda aberta em minha frente e eu sem coragem de penetrar por medo de sangrar mandei ela sentar em meu colo foi senta e meu pintinho logo se alojar naquele buraquinho maravilhoso logo ela disse ta doendo e levantou e assim passávamos os dias sempre com brincadeiras.
A outra priminha sempre tentando mais nunca conseguia pois era só encostar meu Pinto nela e já ficava nervosa e saía correndo foi ai onde tive a ideia pois o menino não tinha falado nada pra mãe e veio brincar ali de novo pois só estava na casa a avó da outra prima uma Senhora que adorava novela e tava la nos fundos na casa do meu tio peguei os três e levei pro meu quarto tirei a calça de tudo e fiz uma filinha a medrosa na frente a menino atrás dela a prima que comia atrás do menino e eu colocando na bundinha da prima ela disso estar doendo troquei coloquei ela no meio o menino atrás e empurrei nele ele disse que a barriga doía tirei e a medrosa ali só de costas foi quando não me aguentei e fui lá colocando na bundinha da medrosa coloquei e logo tirei ela nem falo nada ai foi só farra assim por mais um bom tempo pena que elas mudaram mais sempre que podia tentava mais nunca mais deu certo.
VOCÊ NOVINHA QUE QUEIRA TROCAR IDEIAS OU MESMO MULHERES E HOMENS PELO Whatsapp tenho vídeos e fotos 43-9839-7529