Estuprei Minha Irmã Caçula



Click to Download this video!

Oi hj tenho 29 anos e tenho duas irmãs, hj uma tem 19 e outra 14, mas de 14 mora fora daqui,conheci ela quando veio morar conosco, eu moro c minha avó e ela até os 9 anos morava c minha mãe,mas como minha avó ficava sozinha e minha mãe era Alcoolatra resolveram que melhor seria morar conosco.eu já havia a visto quando era de colo. Depois só a reencontrei quando foi deixada lá em casa,sempre tive tesao por novinhas,mas quando fiquei sabendo que viria morar conosco uma delícia de 9 anos fiquei louco.e como meu quarto ficava no porão eu sabia que ela ficaria no outro quarto no porão tbm.— pronto, plano Tava feito. Então ela se instalou lá, ajudei montar a cama dela e roupeiro e fiquei esperando a noite. Ela ficou meu quarto pq eu tinha televisão e DVD e coloquei uns filmes que sabia que chamariam a atenção dela tipo a noiva cadáver e fuga das galinhas, até então ela não desconfiava de nada do meu plano…. Ela mau conversava, meia tímida e ficou algum tempo centada no criado mudo, até que ficou desconfortável e centou- se cantinho da cama, eu já deitado de calção e meus olhos vislumbravam aquelas pernas e a xoxota por cima do abrigo da escola… Ela ficava ali paralisada.e então disse pq vc não se atira pra assistir melhor? E disse coloca um pijama que vc andou com esse abrigo dia todo e deve tah sujo. Ela foi no seu quarto aolado meu e colocou um calçaozinho azul que conforme ela de méchia aparecia um pouco da calcinha, até aí era só na minha mente a maldade, ela deitou por cima da coberta e eu por baixo. Ela se espichou um pouco e assistíamos o filme. Ela de costas pra mim pq a TV ficava a direita cama, fiquei ali vislumbrando a bundinha dela e imaginando mil coisas,assim as horas foram passando e quando chegou por 23:30 ela começou bocejar e sentir um pouco frio então se tapou e ficamos ambos embaixo da coberta,ela já bem sonolenta…..então senti que minha avó já estava dormindo lá encima pq não vi mais barulho. Comecei a ir devagarinho pro lado dela, e ela nada percebia….então encostei o braço nas costas dela e ela ficou imóvel.nada fez…continuava com os olhos no filme.intacta, fui encostando meu corpo nela e ela nada fazia….então a encoxei e abracei ela nada fazia nem sentia a maldade.fiquei assim por um bom tempo…então comecei a fazer carinho em sua barriga e ela nada….então encostei meu pau duro na bunda dela e ela parecia nem saber o q era aquilo, continuava imóvel e sem falar nada…bem lentamente fui baixando a mão acariciando rumo a sua bucetinha virgem….fui bem na manha, e quando a mão encostou no elástico do calção ela petrificou mas nada disia, nem Olhava.pra trás,os olhos fitos na TV, e fui entrando com a mão no seu calção e fazendo carinho na testa da bucetinha mas por cima da calcinha ainda…..reação nenhuma por parte dela. Só notei sua pressão arterial mais ofegante, então iniciei a entrada do dedo no elástico da calcinha e fui levantando o elástico e dedo já ia na direção do grelinho, pronto! Eu já estava acariciando grelo dela. Mas não conseguia chegar na extradinha pq estava de lado e com as coxas fechadas….usei meu corpo para colocala de barriga pra cima.e com os dedos a fiz abrir um pouquinho as pernas, uma bucetinha lisinha com cheiro de suor então consegui colocar dedo bem na entradinha dela,e fiquei brincando com isso, estava meio úmida axo q é natural,mas não era tesao isso eu sei. Parei com as carícias e parti para iniciação da penetraçao com dedo.meu dedo entrou um pouco e ela fez tipo um choque e fez menção de fechar as pernas, mas não deixei e com a outra mão comecei tirar o calção junto com a calcinha dela,pronto aquela delícia Tava pelada e com as pernas abertas, olhei a xaninha só um risquinho e nenhum pelinho, só uma penugem linda, beijei sua barriga e ela fechou os olhos e eu desci até sua buceta, que delícia tinha até uns sebinho, passei a língua por cima e a penetrei um pouco com a língua, ela ia para trás com.cada tentativa, levantei da cama e peguei um cobertor velho e forei a cama, coloquei novamente de pernas aberta de barriga pra cima, e passei cuspe no meu cacete, comecei pincelar seu grelinho e apontei a entradinha ainda kabaço. Peguei por baixo de sua bunda com as mãos e fui bem devagarinho acomodando a cabeça do meu pai,foi uma luta até receber a cabeça toda, quando ela acostumou a cabeça. Eu novamente tirei. Passei a língua na sua buceta pra lubrificar dinovo.cuspi na cabecinha e fui até a posição de acomodar a cabeça, iniciei movimentos curtos vai vem,o Cabacinho sentia na.ponta do meu.pau, ela ainda imóvel.mas agora de olhos fechados.a segurei e enfiei até estourar o himem, pronto agora já eras seu Cabacinho, senti estourar e um gemido de dor que topei sua boca.Ela quis sair mas já era tarde.já tinha virado mulher.saiu sangue, ela pediu para mim parar. Mas meu kct Tava que nem.pedra.fui forçando e segurando sua boca pra não gritar,até que agasalhou uns 70% da minha pica,senti que era o ponto final ali.dali pra frente poderia Machucá-la. Feio, aí iniciei movimentos bem lentos ia e voltava na elegância pra não machucar….que bucetinha apertadissima nunca vou esquecer disso…quando senti que a acostumava com meu membro iniciei movimentos médios e por fim gozei tudo na bucetinha dela,quando saquei de dentro dela saiu toda porra c sangue de dentro dela,e agora ela eras mulher… Peguei papel e pedi para ir para seu quarto se limpar. Ela se limpou e foi dormir. E eu ainda bati mais uma antes de dormir realizado.com aquele troféu que a vida me deu….no outro dia ela levantou como se nada ouve-se acontecido,e não contou para a vó.depois de alguns dias repeti a dose e por uns 9 meses fiz isso ela nunca disse nada.e nunca tocamos no assunto. Essa história é verídica e espero que tenham gostado, se quiserem detalhes chama WhatsApp 54 92054171