Continuação: Filho do meu Patrão me seduziu



Click to Download this video!

Continuação: Filho do meu Patrão me seduziu I
Ola pessoal, como comentei com vocês, a minha historia onde o filho do meu patrão me seduziu quando eu tinha 14 anos, acabamos se tornando ótimos amigos, e fodemos por muitos anos, ate que depois de casado ele me convenceu a deixar ele meter com a minha esposa, foi legal bem porque ele metia com nos dois, acabei confessando para minha esposa que eu adorava dar a bunda também.
Minha esposa me surpreendeu aceitou tudo numa boa, de uma mulher recatada tornou-se uma puta, ficou insaciável, quanto mais metia mais queria meter, ela como eu relatei na primeira historia e muito gostosa uma bunda saliente, carnuda e adora anal, o meu amigo Salim não tinha a rola muito grande não mais era grossa, e adorava um cu, tanto que metia nela e em mim também.
Como eu só trabalhava na loja aos Sábados, quando foi num Sábado, apareceu na loja um amigo de infância que a muito tempo eu não via, e que por sinal era amigo do Salim também, só que eu não sabia que o Salim também metia nele desde garoto, e o Salim acabou comentando comigo que o Jacob e o nome dele, tinha uma rola grande e muito grossa, só que do tipo de que não tem cabeça, mais do meio para a raiz a coisa engrossa muito, chega a uns doze cm, só que ate então nem eu nem ele sabia um do outro, mais fiquei exitado, e o Salim falou que ele adora comer um cu também, tanto gosta de dar como de comer, a conversa acabou em putaria, ate que o Jacob foi embora, eu o Salim ficamos conversando, minha esposa todos Sábados ia lá na loja beber umas e meter e claro, era sagrado, quando foi umas 17 horas minha esposa aparece na loja, ficamos conversando e bebendo.
Costumamos fechar a loja as 18 horas, quando foi 17:30 aparece o Jacob, apresentei minha esposa a ele, e ficamos bebendo, o Jacob saiu e foi buscar uma pizza, nisso era para fechar as 18 horas atrasou, comecei fechar a loja já era umas 18:30, eu então falei para minha esposa amor eu acho que hoje furou, o Jacob não vai embora, ela ficou brava, disse que queria de qualquer maneira, eu então falei se eu fechar a loja e ele ficar aqui dentro, ele vai quer participar também, ai você vai ter que dar para ele também, ela me respondeu eu quero que se foda ate dou mais quero rola hoje, fui fechar a loja, o Jacob veio me ajudar, quando olhei não vi mais minha esposa e o Salim, os dois já haviam entrado, acabei de fachar a loja, eu e o Jacob ficamos conversando um pouco ali e bebendo, ele perguntou o Salim foi para dentro com a sua esposa, eu então falei olha Jacob, a gente faz umas brincadeiras ai todos os Sábados, ele fode com ela, ele disse legal, ele então disse vamos olhar e fomos nisso já tiramos a roupa ficamos pelados, nossa quando eu vi a rola dele não acreditei, nossa era grande mesmo, ele então começou a chupar o meu pau depois eu chupei o dele, o Salim só gostava de meter de quatro, ele ficava de pé fora da cama e ela de quatro na beirada da cama, quando o Salim gozava ele logo tirava e ia se lavar, o Salim gozou minha esposa deitou-se na cama pois eu sempre chupava a boceta dela esporrada, só que desta vez que caiu de boca foi o Jacob, chupou a boceta dela, e logo subiu e começou a penetração, nossa a principio tudo bem, mais ela começou a gemer demais, e ele devagarinho foi introduzindo aquela rola todinha lá dentro, nossa ela reclamou, dizia nossa que rola grossa esta me rasgando todinha, e ele socava dentro, ate o saco, ate que gozou, ele estava metendo de mamãe e papai, ela com as pernas arreganhada e ele socando fundo, não deu outra cai de boca chupando a boceta e a rola do Jacob toda melada de porra, minha esposa se levantou e foi tomar banho, impressionante ficamos os três pelados bebendo na loja na maior naturalidade, como eu disse ela tem um corpo lindo umas pernas bonitas e uma bunda saliente carnuda eles ficavam sanduichando ela um na frente e outro atrás, mais só brincando, com a rola no meio das pernas, ela acabou fazendo uma chupeta para o Jacob e viu a grossura da rola dele, mais na verdade o Salim queria comer o cu dela, como fazia todos os Sábados, acabou arrastando ela para o quarto e lá ficou metendo no cu dela, eu fiquei chupando a rola do Jacob, fomos ver os dois meter o Salim deu um toque para o Jacob para ir aproveitar o laceamento do cu dela e tentar meter aquela rola lá dentro, eu seriamente pensei ela não vai aguentar principalmente ela de quatro, o Salim tirou a rola de dentro e o Jacob foi colocando, nossa quando chegou na parte grossa ela começou a reclamar que estava doendo, ele bem devagarinho foi empurrando, ela gemendo, o Salim por sua vez fez eu ficar de quatro ao lado dela, e meteu no meu cu, ela gemendo reclamando, eu então acabei falando ao Jacob e melhor parar ela não vai aguentar, a filha da puta me respondeu cuida do seu cu e deixa o meu, agora eu quero ela todinha lá dentro, nossa uma coisa de louco, eu de quatro levando uma rola no cu, ela sendo estrupada pelo Jacob, e eu beijando ela na boca, acabamos gozando os quatro, nossa coisa de louco, levantamos tomamos um banho, se arrumamos, pois o Salim tinha que rir embora já estava tarde se não a esposa dele cobrava, bebemos mais umas e saímos, o Jacob acabou nos para tomar uma no bar, bebemos mais umas, ele perguntou para minha esposa se não gostaria de ir tomar a saideira no Apto dele que era ali perto, ela aceitou e fomos, nossa foi mais uma seção de foda, o Jacob também mete muito, fodeu ela de todos os jeitos, fudeu o cu dela de novo, eu só chupei, saímos do apto dele era umas duas da manha, nossa ela adorou, nunca meteu tanto assim, minha esposa comentou que no Apto dele ele fica mais exitado a rola fica mais dura se sente mais a vontade e meteu muito que ela esta toda dolorida, o Jacob mora em São Paulo, não é todos os Sábados que ele vem, mais quando ele vinha ele no chamava para ir meter com ele, nossa uma delicia, ficamos um bom tempo metendo com ele, tinha Sábado que a gente metia com o Salim e saía dali e ia para o Apto do Jacob, um dia foi ate interessante quando chegamos no Apto dele ele estava com a noiva, acabou rolando ela também curtia, e o mais gostoso que ela acabou chupando a boceta da minha mulher, nossa que delicia, eu chupei ela meti nela também, mais na verdade nem eu nem minha esposa gostamos muito não preferimos mesmo e homem sozinho mesmo, eu nossa adoro ver ela gemendo numa rola de um macho, e chupar a boceta dela melada de porra eu adoro, e assim segue a nossa vida com mais amor, respeito, cumplicidade, e se sentimos muito mais felizes. espero que tenham curtido as duas historias, são verdadeira mesmo. hoje infelizmente os meus dois melhores amantes e amigos faleceram, sinto muita a falta deles, foi os melhores momentos da nossas vidas.