Meu padrasto



Click to Download this video!

Meus pais morreram quando eu tinha 10 anos, um pouco depois de se separarem. Antes de morrer mamãe casou com outro homem, 35 anos, moreno e lindo. Como não tinha parentes na cidade fiquei morando com ele mesmo.
Ele viajava muito a negócios, então até os 12 eu mal via ele. Então um dia a empresa dele teve um acidente e por isso deu pra todos 1 semana de férias. E eu mal podia conter tanta felicidade já que era muito carente pela falta de pais.
Nossa casa era grande, piscina, sauna, biblioteca e tudo mais, mesmo assim no primeiro dia das férias meu padrasto ficou só no quarto e eu preocupada fui e entrei lá. O cara tava com o pau de fora, duro que nem pedra, batendo uma punheta enquanto via um porno.
-Papi (era assim que eu chamava ele mesmo) que você tá fazendo??
Ele se assustou todo primeiro, mas me vendo daquele jeito, vestidinho curto mostrando um pouco do peito, descalça e com meus cabelos ruivos soltos, ele ficou foi com o pau mais duro.
-Ahh querida, é uma brincadeira de adulto. Senta aqui no colinho e vem ver esse filme comigo.
Sentei e como tava sem calcinha o pau dele ficou triscando na minha bucetinha.
-Não tô gostando desse filme, Papi. Por que esse homem tá enfiando esse negócio grande na mulher?
-É que nem comer chocolate, sabe? É bom e dá prazer. Deixa eu te mostrar querida.
Ele me tirou do colo e me deitou, depois abriu minhas pernas e começou a lamber minha bucetinha.
-Papi, isso é até melhor que chocolate
Gemi gostoso e me contorci toda, até ter o primeiro orgasmo. Depois meu padrasto pegou seu pau enorme e falou para mim chupar. Fiquei morrendo de nojo e disse que não queria, mas ele forçou o pau dele na minha boca até que eu sai correndo e ele veio atrás de mim gritando.
-Não adianta fugir, minha putinha. Eu ainda vou te arrombar toda.
Corri até ele finalmente me alcançar na sala, me derrubando no tapete e me dando dois tapas na cara
-Você quer apanhar mais? Então é bom que faça tudo que eu mandar.
Peguei o pau e coloquei na minha boca e ele colocou a mão na minha cabeça e ficou forçando até eu ter todo o pau dele até minha garganta. Teve um orgasmo rapidinho.
-Isso, continua assim minha putinha. Agora fica de quatro
Eu olhei assustada, mas fiz o que mandou. Fiquei de quatro e logo ele colocou a cabecinha do pau na minha buceta. Gritei muito, a dor era enorme.
– Por favor Papi, para. Dói demais.
-Você vai ter que aguentar pq não tá nem começando. Vou te fuder a semana toda.
Meteu o pau todo e eu gritei, mas depois de bombear ficou tão bom que já tava pedindo por mais. Me fudeu o dia inteiro e a semana toda, até que eu virei a putinha do Papi.