Afilhada da minha mae



Click to this video!

Bom esse é meu primeiro conto.
Tenho 17 anos moro em minas nuna cidade do interior, este fato ocorreu a dois meses atras.
Minha mae tem uma amiga de longa data e essa sua amiga deu sua filha para a minha mae ser madrinha.
Com dois que a menina nasceu nos mudamos para outra cidade, passados 10 anos morando nessa nova cidade minha mae disse que receberiamos visita, no final de semana chega a amiga de minha mae e com ela uma linda garota de 12 anos com o corpo de uma garota de 16 anos.
Minha mae e sua amiga foram colocar as conversas em dia, e eu fui para o meu quarto e durmir.
Acordei umas 20:00 hrs da noite a casa estava em silencio minha mae havia saído com sua amiga para mostrar a cidade, como de costume fiquei com um calcao de jogar bola e sem camisa.
Tenho 1,75 de altura do tipo magro olhos verdes e cabelo preto.
Enfim fiquei assistindo televisao na sala, passado-se uns 20 minutos minha mae chega com sua amiga e sua filha, jantamos e elas foram dormir, eu continuei vendo tv, derrepente meu celular chega uma mensagem de um numero desconhecido dizendo “nossa vc ta lindo” eu respondi perguntando quem é mais nao respondeu.
No dia seguinte fomoa ha um clube jo centro da cidade onde costumàvamos ir, eu fui direto para a piscina, minha mae e suas amigas foram a sauna banheiro e etc.
Me deitei em uma das espreguiçadeiras para relaxar, quando olho em direçao a piscina vejo uma linda garota vindo de biquine verde, ao reparar bem vejo que é a filha da amiga de minha mae, ela se deita ao meu lado em outra espreguiçadeira e começamos a conversar.
-oi Ricardo tudo bem?
-oi Izabella.
-vamos entrar na piscina?’
Aceitei o convite e fomos, nadamos e brincamos dentro da piscina, numa dessas brincadeira o biquine dela solta quando sem querer eu puxo, ela logo colocou a mao tapando seus seios, eu recolhi o biquine e ha ajudei a vestir, eu envergonhado pedi desculpas, ela abre um sorriso e diz que estava tudo bem.
Ao continuarmos na piscina percebo que alguns dos rapazes começam a jogar cantadas para ela, tomado por uma espécie de ciumes eu ha convido para dar uma volta no clube, passeando por todo o clube ela se senta d’baixo de uma àrvore ao qual tambem me sento, começamos a conversar sobre vàrios assuntos eu perguntei como estavam as coisas na minha antiga cidade, e sem percebermos entranmos no assunto de namorados (a).
Foi entao que ela pergutou.
-E vc namorando muito por aqui?
Eu respondi.
-Eu nao vc é quem deve estar namorando muito.
Ela sorri e responde.
-Nada ninguem me quer eu sou fei.
Logo trato de responder.
-Vc nao é feia, pelo contràrio vc é muito linda.
Rimos e ela se levanta dizendo.
-Olha o que vc acha de bonito em mim?
(Ela é loira do tipo falsa magra com seios nao muito grande mais impezinhos, e uma bunda espetacular)
Ao ver aquela visão, pensei comigo: vou atacar nao tenho nada a perder.
Disse: -Vc é toda linda e tem um corpo de modelo.
Ela sorri com malicia e fica em silêncio.
Achei que eu tinha dado bola fora, entao para nao ficar com climao eu ha convidei para irmos a uma lanchonete do clube para fazermos uma lanche ela aceita, fomos e lanchamos e voltamos para a arvore.
Ela tira a canga em que estava vestida e se deita, assim tambem o fiz, deitados e conversando eu disse a ela que alguem havia mandado uma mensagem em meu celular de um numero que nao conheco, ela rapidamente começa a dar gargalhadas altas e diz que era ela, eu começo a rir tambem a situaçao e faço cossegas a ela, entao ela segura minhas maos e dis: -Mais é verdade vc ta lindo.
Respondi: -Linda é vc, desde que te vi nao paro de pensar em vc.
Ela sorri e me da um beijo muito delicioso que imediatamente correspondi, logos após o beijo continuamos deitados mais agora abraçados.
Nao resistindo aquele corpo delicioso meu pau começa a dar sinal de vida eu me afasto dela pra que ela nao perceba mais era inevitàvel.
Eu afastava e se achegava mais perto de mim, ela se vira e me rouba outro beijo e diz sussurrando: -Isso tudo é por mim?
Sem graça disse: -Sim é por vc.
Ela me beija loucamente me alisando o corpo ate chegar no meu pau, eu assutado com a reação daquela garotinha de 12 anos diase:-O que està fazendo?
Ela responde: -O qud queria fazer desde quando cheguei’
Nessa hora o tesão foi a mil, comecei a beija-la e a alisar seu corpo por inteiro ali naquele amaço gostoso meu celular toca. (Bendita hora)
Era minha mae me ligando pra irmos embora, dei um ultimo beijo nela e fomos, logo a noite após o jantar eu fui durmir pois estava cansado mais durmir mesmo eu nao consegui, bate uma punheta para aquela garota q acaba de me beijar a tarde e lembrando do amaços q damos, gozei como nunca, por volta das meia noite ouço um barulho no corredor levamto para ver o que é quando abro a porta do meu quarto Izabella pula no meu pescoço beijando-me como louca sussurando em meu ouvido que estava sem calcinha e molhadinha com vontade de meter loucamente comigo.
Sem perca de tempo jogo ela ma cama e começo a tirar sua camisolinha e começo a chupar aqueles maravilhos peitos ela puxando meu cabelo segurando em minha cabeça começa a gemer gostoso, desco chupando seu corpo quando chego em sua bucetinha, que coisa mais perfeita raspadinha e molhadinha de tesão, chupo loucamente aquela bucetinha sugando tudo enfiando a lingua ela começa gemer alto,paro de chupar e peço para que nao grite pois nossas maes poderiam acordar.
Enfio dois dedoa naquela buceta molhada ela se contorcia toda de tesão estava louca literalmente vocifero que nunca tinha sentido algo tão prazeroso, ali socando dois dedos e chupando aquela buceta percebo que ela fica ofegante gi que ia gozar entao tapei sua boca com a outra mao e continuei socando meus dedos e ela goza, nao estava acreditando que aquela delicia de garota estava gozando na minha cama fiquei louco, ela se senta meio bamba pelo gozo e abocanha meu pau, fhi a loucura aquela boca macia e quente me chupando e lambendo meu pau e ela chupava e olhava pra mim cara de puta safada, apòs uma delicia de chupeta ela me pede para comet a buceta dela que nao estava mais aguentando de tanto tesâo, obediente assim o fiz, deitei ela de pernas abertas lubrifiquei meu pau, roçei a cabeça na entradinha daquela buceta assim que entra ela diz: -Sou virgem mais nao tenha dó de mim, me rasga todo seu puto, aquilo soou como musica aos meu ouvidos, socava forte naquela buceta ela se contorcia toda, e rebolava na minha pica, ela pede pra me chupar dr novo e eu entrego meu pau na sua boca, ali me chupando ela diz: -Vc é um puto sem vergonha pedòfilo comendo uma menina de 12 anos, agora quero que bc complete isso seu gosto come meu cu porra.
Imediatamente ela ficou de quatro peguei um creme no banheiro e passei bem no seu cu, cooloquei a cabeça na entrada nao ia ser dificil pois nao sou tao dotado assim tenho um pau de 17cm e bao muito grosso, dito e feito sem muita força a cabeça entra ela geme diz que esta doendo mais nao quer que eu pare forço mais um pouco e entra tudo ela geme gostoso e pede pra mim bombar dito isso começo a bomba gostoso nao demora muito em 20 mimutos anunciei que ia gozar nao aguentei aquele cuzinho apertado quente e guloso meubpau pulsando ela tira e abocanha recebendo jatos e jatos na sua boca e continua chupando quando acabei de gozar ela solta meu pau olha pra mim toda safada e engole minha porra, nao acreditei ela limpou meu pau e disse que ia tomar banho.
Satiafeito fui durmir todo sujo de porra e sangue.
Pela manha no café trocamos olharea e ela me manda uma mensagem: -Adorei seu puto.
Minha mae anuncia que elas iam ficar mais 5 dias em casa ai vcs ja sabem né metemos todos os dias loucamente.

Obrigado por lerem espero que gostem beijos suas putas e putos. Se quiserem chama no face’ ricardo felix de congonhas MG’