Aos 10 anos e muito safadinha – Judiei e ela gostou



Click to Download this video!

Meu relacionamento com a Kamila, está cada dia mais complicado e excitante, porque a safadinha me enlouquece tem dias, manda mensagens como se fosse uma mulher de uns 20 anos de idade, porém, em casa quase não tenho dado assistência a minha esposa, em matéria de sexo, então, durante estes dias que se passaram desde o último encontro com a Kamila, que eu resolvi, dar um trato na patroa e por duas vezes, levei ela ao motel, não o mesmo que havia levado a kamila, e transamos gostoso com direito a tudo, porém, entre uma transa e outra, o rostinho safadinho da Kamila, me vinha a mente, e isso me fazia ficar excitado e ai eu comecei a descontar em minha esposa, e durante estes dias, tivemos uma espécie de lua de mel.
Mas Kamila, sempre me enviava mensagens, onde leio e deleto, pra não correr o risco, os dias correram normalmente e durante a semana, o professor de música de meus meninos e também da Kamila, nos convidou para irmos a uma chácara, onde teríamos o prazer de ver a banda tocar algumas músicas e nos divertirmos um pouco, e aceitamos o convite, nisso, a Kamila, me mandou mensagens, perguntando se iriamos para a chácara e eu disse que sim e a safadinha disse, que queria transar comigo novamente, e ela ficou me enviando mensagens, durante toda a tarde e nos dias que se seguiram, dizendo que iria chupar meu pau dentro da piscina, que ela viu nos filmes da internet e etc. Na sexta feira, eu liguei para a Kamila e falei pra ela não ficar me olhando demais porque me esposa estaria por lá e que eu iria ficar com minha esposa, mas que quando tivesse oportunidades a gente iria fazer o que ela quisesse, ela ficou triste, mas concordou.
O fato é que e no fim de semana dia 13/02 pedi folga no serviço para estar com eles na chácara, e fomos todos, esposa, filhos e eu. Chegamos lá as nove da manhã e logo que descemos do carro, avistamos o professor que nos recepcionou e etc. Meus meninos já desceram e correram pra piscina e eu e minha esposa, fomos tirar as coisas de dentro do carro e cumprimentar o povo e etc. bom, depois instalados, fomos para a área de lazer, onde estava acontecendo um churrasco e a turma animada e etc. conversamos bastante com os pais dos alunos que ali estavam e depois de umas duas horas que ali estávamos, chegou a família da kamila, e quando a vi, fiquei feliz, pois a safadinha, já desceu de biquíni e correu em direção as mesas que ali estavam e veio em minha direção e falou comigo e com minha esposa, e depois perguntou onde estava os meninos, eu disse que estavam na piscina da parte de debaixo. E ela ficou ali parada e minha esposa disse; senta Kamila, parece que você estava ansiosa pra chegar em menina? Sim tia, tava sim, desde de que recebi o convite do professor.
E porque não vieram mais cedo?
Meu pai estava trabalhando e saiu agora
A chácara onde estávamos fica a uns 30 km da cidade, e gasta se uns 45 minutos pra chegar. Enquanto minha esposa conversava com a Kamila, seus pais se aproximaram e nos cumprimentaram e sentaram na mesma mesa que nós e ai ficamos conversando um pouco. E logo o almoço já estava pronto, então almoçamos todos juntos e depois as crianças apresentaram duas músicas para os pais ali presentes e etc. e depois foram conversar e neste intervalo eu fui conversar com o professor e mais um outro cara que estava lá, e fomos até um barraco abandonado, a poucos dias, e o professor disse que esse barraco era do caseiro do dono da chácara lá, e que havia se mudado a poucos meses. O dono da chácara é um político da cidade. O cara que estava conosco era o encarregado da chave da chácara e só foi lá buscar uma lanterna. Voltamos para a festa e eu fui banhar em um córrego de agua limpa que passa por volta da chácara, onde já tinha algumas pessoas tomando banho. Nisso chegaram minha esposa e os meninos, e também mais pessoas, inclusive a kamila com os pais, e ficamos banhando e nos divertindo. Minha esposa saiu para levar meu menino menor, para dormir em um dos quartos de lá e fiquei com meu rapaz maior e o resto da turma, e eu sentei no areia do rio e fiquei conversando com o pai da Kamila e ela ficou brincando com meu menino, e mais outras crianças que estavam lá, logo depois a mãe da Kamila saiu e chamou-a e ela disse, deixa eu ficar mais um pouco mae e eu subo com o tio Marcos, sua mãe se levantou e subiu para a casa, o córrego onde estávamos para a casa tem um declive que impossibilita quem está lá na casa de ver quem está banhando e tem muitas arvores em volta. Eu bati no ombro do Hamilton ( pai da Kamila) e disse que iria tomar banho, e ele falou eu vou subir e tomar mais uma, nos cumprimentamos e ele subiu, passado uns 20 minutos, só estavam meu menino, Kamila e eu no córrego e nisso a Kamila ficou faceira, ela mergulhava e tocava em meu short pra pegar no pau e num certo momento eu disse a meu menino que subisse, pois ele já estava a muito tempo na agua, e ele disse: ah não pai, queria ficar mais, eu disse: nada disse, sobe e fica um pouco fora da agua, ele disse: e a Kamila ai, também ta banhando e o senhor não disse pra ela subir, eu lhe disse: eu não sou o pai dela, quando a mae dela ou pai chamar ela também vai sair. Meu menino saiu e foi subindo para a casa, quando ele subiu a kamila sorriu para mim e eu veio em minha direção, eu disse a ela pra ela entrar por entre as arvores e me esperar lá e subi um pouco e olhei na casa e todos estavam se divertindo e etc. voltei e levei a Kamila até o barraco que tinha ido com o professor, lá tirei o pau pra fora e a safadinha caiu de boca e começou a chupar e a babar ele todo e a safadinha olhava pra mim com o pau na boca e voltava a chupar ele bem gostoso me deixando maluco. Hummm, aquele boquete estava delicioso, uma sensação de desejo e perigo, me fez encher a boca dela rapidinho. A safada engoliu tudo e me disse: quer comer meu cu, eu disse quero sim safada, ela foi tirar o biquíni, mas escutamos uns pisados e então fomos ver quem era e era meu menino mais velho, que veio dizer que sua mãe estava me chamando, e eu sai garrado na mão dele e da Kamila e subimos para a casa. Já na casa a Kamila foi até onde estavam seus pais, e seu Hamilton já estava meio alto devido a bebida e a mãe dela estava conversando com as outras mães lá perto, inclusive com minha esposa, meus meninos já haviam descido para tomar banho da piscina e eu fiquei batendo papo com o cara encarregado da chácara De longe observei a Kamila brincando normalmente com outras meninas da sua idade e mais velha que ela. Aquilo bateu um remorso, então eu entrei no quarto onde estava nossas coisas e deitei numa cama lá e fiquei pensando em tudo que já havia acontecido e decidi para com tudo aquilo, pois, ao ver o sorriso da Kamila, toda feliz brincando com aquelas meninas da idade dela, eu me senti culpado pelo que estava fazendo. Então fui até minha esposa e disse a ela que iria fazer uma corridinha pela chácara, ela só balançou a cabeça em sinal de sim, pois estava conversando com as outras lá e então eu sai e fui procura a Kamila e disse a ela que iria até a casa do caseiro e que depois de um tempo ela fosse também. Ela sorriu e foi para um quarto. E eu passei pela turma e fui em direção ao córrego, atravessei e fui olhando para os lados para ver se não havia ninguém e daí cheguei no barracão e fiquei esperando a safadinha chegar, e depois de uns 10 minutos ela chegou e veio me abraçar e eu disse, Kamila, precisamos conversa.
Que foi tio
Olha você é linda e merece ser feliz, e eu não estou sendo uma boa influencia pra você
Como assim? Não entendí
Olha eu vi você brincando com as meninas da sua idade, você é uma criança e o que estamos fazendo é errado
Mas eu gosto de tudo o que fazemos ( começou a chorar)
Ei, ei, que isso, porque o choro?
Eu gosto de você, tio e fico feliz em fazer o que fazemos e outra coisa, eu gosto de chupar e dar meu cu
Kamila, voc~e está ficando muito depravada e eu tenho uma culpa grande nisso
O que é isso?
Isso o que?
Depravada rsss
Quero dizer que você está pensando demais em sexo pra uma menina de 10 anos
Ahhh tio, mas eu num faço nada a tarde toda, fico em casa sozinha, e o que me deixa feliz é ver fotos de cara pelado e fazendo sexo
Mas olha, é melhor a gente não se ver mais
A safadinha, começou a chorar e eu abracei ela e ela pegou em meu pau e ele tava feito pedra ela baixou meu short e começou a me chupar de novo
Eu disse: Kamila, para
Deixa tio
Eu nada disse, so deixei ela chupar gostoso e já estava ficando maluco e então disse a ela
Você queria dar essa bundinha pra mim
Simmm tio, e já foi tirando o biquíni, eu fui até a porta e escorei ela com uma cadeira velha que tinha lá e quando voltei ela estava nua e sorrindo pra mim, daí eu disse: vixe Kamila, não tenho óleo nem nada pra colocar no seu cuzinho pra mim meter meu pau, ela disse: ah não tio, será que não achamos nada aqui? E fomos procurar e não achamos nada, a safadinha ficou maluca e dizendo, ah não tio, eu quero, vai. Dai eu disse, olha vc sobe nessa mesa e eu vou colocar cuspe no seu cuzinho, se vc não aguentar a gente vai embora, ela subiu ligeiro na mesa e dai eu disse: Kamila, quando eu colocar ele, a cabeça dele vai demorar entrar, mas quando passar a cabeça, o resto vai fácil, ela disse: ta bom tio e a safadinha empinou a bundinha e eu cuspi em seu cuzinho e chupei sua bucetinha e ela começou a relaxar e gemer. Hummm hum, que coisa boa e ao mesmo tempo que chupava ela eu as vezes parava um pouco pra ver se não vinha ninguém, o medo de ser pego me deixava com mais tesão, em um certo momento a Kamila disse: tio me come logo vaiii, dai tirei meu short e cueca e fui até seu rosto e disse: coloca ele todo na boca e deixa ele bem babado, a safadinha, fez como eu disse e eu voltei para atrás dela e disse: vou te segurar e se doer vc tampa a boquinha com a mão e não solta: ta bom tio eu prometo. Me ajeitei atrás dela e tentei colocar a cabeça, mas o cuzinho dela é bem apertado e ela começou a dizer: ai ai ai tio, ta doendo, então eu meti um dedo no cuzinho dela e ela disse: entrou tio? Eu disse: foi meu dedo kamila, ela: ah não tio, tenta de novo. E eu disse: Kamila eu vou te segurar e forçar o máximo, e vc tapa sua boca e ela disse, ta bom. Daí cuspi em seu cuzinho e no meu pau e segurei sua anca e comecei de novo, dai a cabeça começou entrar e ela foi dizendo: tira tira tio, ta doendo.. por favor tira. Eu não dei ouvidos, simplesmente forcei e a cabeça passou, a safadinha foi gritar e eu tapei sua boca e ela mordeu minha mao e meu pau doeu também, mas disse: calma kamila, calma. Tio tira por favor ta doendo muito.
Eu disse a você que da próxima vez não iria adiantar vc chorar lembras?
Sim tio lembro, mas tá doendo muito
Não dei ouvidos a ela, so fui empurrando meu pau e ela gemendo e chorando: humm ta doendo tio, por favor, eu te peço, para
Eu empurrei de novo e tirei até quase sair e tornei a empurrar e ela gemendo e pedindo pra tirar, e eu comecei a judiar dela, pois meu pau ta doendo também, devido ao cuzinho dela está bem apertado, mas eu tava muito excitado e ela so chorando e eu empurrando e tirando aos poucos e depois de uns 5 minutos com este movimento de empurra e tira até quase sair, eu vi q ela estava mais calma e dai eu disse: agora kamila, se segura. Ela disse: segurar? Sim, se segurar, e coloquei de novo e dei umas seis bombadas bem rápido e eu vi essa menina chorar e gemer muito:
Aaaiaaiiiiaiaiaiiia tira por favor, ta doendo muito aiaiai
Eu disse: não tiro não sua putinha, não era o que você queria, agora aguenta
Não tio por favor tira, ta doendo demais, por favor tio
Eu tirei e quando tirei ela caiu de barrihga na mesa e eu vi que meu pau tinha um pouco de sangue e fezes também e fui até o banheiro me lavar e voltei a Kamila estava do mesmo jeito e eu não havia gozado ainda, e disse: vc ta bem, e ela não disse não me respondeu, então parei em sua frente e comecei a bater uma e mirei em seu rosto e gozei nele todo, ela do jeito que estava ficou.
O que foi? Não era o que você queria?
Ela se levantou e se limpou vestiu suas roupas, abriu a porta e saiu, eu disse: Kamila, kamila, e ela não me respondeu e saiu correndo. Eu me vestí e sai por outro lado e depois de uns 30 minutos eu cheguei na casa, minha esposa estava banhando com os meninos e eu do jeito que estava pulei na pisicina e fiquei com minha família, mas procurando saber onde a Kamila estava, mas não a encontrei e fiquei conversando com minha esposa e brincando com meus meninos, depois saímos da piscina, buscamos as bolsas e entramos no carro e viemos embora e não vi nem a Kamila e nem seus pais. No trajeto perguntei aos meninos se seu Hamilton tinha ido embora, minha esposa foi quem respondeu dizendo que eles tinha saído mais cedo pq seu Hamilton já estava alto da bebida e sua esposa foi dirigindo, mas que a Kamila estava meio febril. Dai fiquei com mais remorso ainda. E quando chegamos em casa eu mandei uns zap pra ela e nada dela retornar. Então não mandei mais e domingo, achei que ela me ligaria mas nada. E pensei, ela não vai mais ligar, o que por um lado é bom, mas por outro. Eu me sentí culpado. Na segunda feira, fui trabalhar e quando estava dando meio dia: eu vi uma mensagem dela que dizia:
Tio marcos, você tirou sangue de meu cu, sai brava com o senhor, mas tô louca pra repetir tudo de novo
Nossa, pensei comigo, essa menina é louca….