Fingi estar dormindo bêbado e meu amigo comeu minha mulher



Click to Download this video!

bem oque paso a relatar é a mais pura verdade somos casados a 27 anos tenho 46 anos e minha mulher 45 ela é morena clara 1.55 de altura 50k e apesar da idade ela ainda é muinto gostosa bem vamos au conto no final de ano de 99 fomos passar a virada do ano com ums vizinhos todo mundo bebia e se divertia pelas 2 da manhã todos forao saindo e nos tanbem meu amigo arildo vendo que eu estava bem bebado se apreso em me ajudar e disse pra sua esposa que voltaria logo no caminho lenbrei de uma fatazia minha que atenpo vinha na minha cabeça de minha mulher foder com um otro cara conhesia bem o arildo sabia que ele nao é do tipo de respeitar mulher de amigo e se ele tivese uma chanse ele tentaria comer minha mulher pois modestia a parte minha mulher ate oje é uma delicia imagina na epoca então percebi que era minha chanse que eu esperava ai figi estar mais bebado doque realmente estava e perdi o sentido ele e minha esposa me colocarão na cama e fingi adormeser num sono profundo eles ficarão conversando na cozinha derepente percebi ele tentando agarrar minha esposinha e escutei ela cochichar pra ele nao faser barulho nossa nesta hora confeso que percebendo que meu plano tava dando serto fiquei com ciume e pra ser sincero nao imaginava que minha mulher sendo tao sertinha fose se entregar tão facio praquele safado ali na minha casa praticamente na minha frente notei que eles estavao se amasando derepente ela entro no quarto pra ver se eu estava mesmo dormindo fingi estar roncando ai talves serta que eu so acordaria no otro dia ela volto pra cozinha e comesarão a mior da putaria pensei apareser e faser o maior escandalo mais fiquei quinheto feito um corno manso podia escutar ele socando o pau com forsa na bucetinha da minha mulherzinha talves com medo que eu acordase e pegase ele no fraga comindo minha mulher ele logo gozo encheu a buceta da minha mulher de porra e se mando ela fecho a porta e veio deitar comigo como se não tivese acontecido nada fingi acordar e comesei a acariciar ela e quando coloquei a mao na buceta dela tive a serteza que ela tinha realmente dado pra ele sua buceta estava toda melada de porra ai parei de me fingir de morto e falei pra ela minha potinha gostosa vc fodeu com ele fes oque eu sepre te pidia minha delicia e como resposta a vadiazinha dise nao era iso que vc queria seu corno vivia me mandando fode com otro seu corno asumido vc viu todo né viu ele me fodendo e fes de conta que nao viu nada e deicho ele coloca tudo nemim ele era bem pauzudo e e me fes goza no pau dele ele me comeu de pé bem ligero com medo que vc vise ele me comendo ele tiro o pau pingango porra nao rezesti cai de boca na bucetinha da minha mulher que agora nao era mais so minha e comesei a chupa aquela buceta arecem fudida nossa o cara paresia que tinha despejado um litro do porra na bucetinha da minha esposa porque quanto mais eu chupava e engolia aquela porra parecia que mais porra saia enquanto ouvia minha vadia diser iso corno chupa esta buceta que otro fodeu engula a porra dele sinta o gosto de otro pau na minha buceta seu corno asumido vc manda eu fode com otro porque gosta de chupa a buceta cheia de porra vai seu corno chupado de buceta chupa chupado de porra engula o reto da porra dele que ainda tem ai pramim aquelas palavras era muzica pros meus ouvidos vai corno ele fodeu com o pau e encheu minha buceta de porra e vc fode com a lingua ai a vadiazinha seguro meu cabelo e forso minha cara contra sua buceta e gozo feito uma cadelinha sei dizer que fiquei com a cara toda melecada da porra daquele cara e do seu proprio gozo ai beijei ela e dormimos abraçadinhos e esta foi aprimera vez que minha adoravel esposa fodeu com otro macho e somos felizes ate oje