Fui procurar goiaba e achei um cu



Click to Download this video!

PROCURANDO GOIABA ACHEI UM Cu

Ai,meu nome é Pedro tenho 15 anos e sou moreno,estudante,minha altura é 1,66, peso 60 kg,me considero bonito e esperto;Vou contar do dia que fui pegar goiabas num sitio perto de minha casa,e acabei trabalhando la para consertar um galinheiro.
Tava passeando de bicicleta com um colega e passamos na frente de um sitio todo murado,tinha uma mulher sentada com uma criança no colo na frente do portao que tava aberto e vi varios pés de goiaba,parei e pergutei se poderia pegar algumas,a mulher deixou e entrou junto pra mostrar onde tinha mais goiabas,com ela veio um garotinho que tambem era filho dela,pegamos muitas goiabas e fomos agradecer,e levar o garotinho que tinha ido com a gente,ela morava como caseira e a casa dela ficava perto do portao,quando estavamos saindo chegou o dono do sitio,ele nao morava ali e estava procurando alguem pra consertar um galinheiro,eu disse que sabia fazer e fomos ver o serviço,era mole so arrumar a tela mas eu nao sabia dar preço,e ele propoz um valor que achei muito bom,marcamos pro outro dia e fui pra casa,acordei cedo e fui na casa do meu colega,mas ele disse que nao podia ir,era sabado e nao achei ninguem pra ir comigo,fui sozinho e cheguei no sitio,dona rosa estava me esperando,contei que ia fazer sozinho e ela disse que o dinheiro estava com ela,me deu as ferramentas e fui trabalhar,o galinheiro era afastado da casa dela e la tinha umas cocheiras mas nao tinha cavalo,resolvi fazer uns quadrados de madeira e pregar as telas,isso ficaria mais rapido e facil, meio dia ja estava quase pronto mas parei pra ir em casa pois estava com fome,avisei d.rosa e antes de uma hora estava de volta,entrei e fui pro galinheiro e o garotinho queria ir junto, a mae falou que ia atrapalhar mas eu disse que nao atrapalharia,ai ele foi comigo,coloquei as partes no lugar so ficando a frente com a porta pra depois,ai fui reparar no garotinho;devia ter uns dois ou tres anos,era mulato,e o prinjcipal: estava so de camisa sem nada mais,fui ate dona rosa pedir agua e o garotinho ficou perto de mim enquanto esperava a agua,ai ele se abaixou pra pegar um brinquedo e virou seu cuzinho pro meu lado,fiquei olhando e meu pau subiu,dona rosa veio com a agua e trouxe uma garrafa congelada,bebi a agua e levei a garrafa pra depois,o garotinho voltou comigo, sentei em baixo de um pe de cajá pra descansar,o garotinho ficou perto e se dobrou de novo pra pegar uma pedra no chao,seu cuzinho ficou virado pra mim,carralho,meu pau ficou maluco,e latejava muito,meti a mao nele e ele tava todo babado,e isso nunca tinha acontecido, eu praticamente era virgem,so tinha comido um garoto quando tinha treze anos e ele onze,e nem entrou direito,abri a bermuda e deixei o pau sair,o garotinho veio e ficou olhando,e eu ja pensava em meter nele,fui ate as cocheiras que estavam cheias de bagulho velhos, ja tava com meu pau pra fora,olhei pro lado da casa e a dona rosa tava no portao,peguei uma lata de tinta grande e botei o garoto em cima dela,passei cuspe no meu piru e encostei na bunda dele,ficou bem na altura,botei as maos dele abrindo e ele fez certinho,comecei a enfiar e ele foi deixando e a cabeça entrou,eu empurrava tao forte que chegou a levantar ele com o meu piru mas nao entrava mais,nem cheguei a meter e gozei,quando tirei o piru meu leite escorreu pelas pernas dele,achei uns panos velhos e limpei ele,voltei a trabalhar e deixei a porta pra fazer no domingo pra meter no garoto direito,ai eu ia trazer alguma coisa pre lubrificar o cu dele,ja era quase 5 hs e peguei minha bicicleta e chamei o garoto pra vir comigo,falei com dona rosa que ia vir no domingo e era porque tava sozinho;cheguei em casa e achei um pote de vaselina que minha vo passava no cabelo eu acho,quase nem dormi, acordei cedo e fui pro sitio,como eu esperava o garotinho me acompanhou ate o galinheiro eu tinha vindo com chorte largo e sem cueca pra facilitar,queria meter logo mas me controlei e terminei o trabalho,fui pra cochera e subi ele na lata,passei vaselina e a cabeça entrou de novo continuei empurrando e ele reclamou um pouco, parei e ele ficou quieto,continuei metendo e entrou quase tudo,comecei a enfiar e tirar ate gozar,tirei o piru que tava todo cagado,fui numa bica e lavei, o garoto foi pra baixo do pe de cajá e cagou meu leite misturado com cocô,peguei ele e passei o pano velho no cu dele,eu tava meio com nojo mas tinha que fazer,sentei perto do galinheiro e fiquei pensando que foi a primeira vez que gozei dentro,ai meu piru ficou duro e levei ele de novo,meti e na hora de gozar tirei e gozei na punheta,ele sentou no chao e ficou com a bunda cheia de terra por causa da vaselina,limpei bem pra tirar toda vaselina e resolvi ir embora,chamei dona rosa pra ver o serviço e ela elogiou,me deu o dinheiro que era bastante e me levou ate o portao,eu ja tava pensando em como poderia voltar pra meter no garoto outra vez, ai chegou o dono do sitio,ele me cumprimentou e eu voltei pra ele ver o trabalho,ele gostou muito e me perguntou se eu nao queria limpar e arrumar as cocheiras e que ele mandaria um caminhao pegar tudo que for jogado fora,e disse que eu podia fazer durante a tarde pois eu estudava de manha,ele calculou que eu levaria uma semana ou mais,e que me daria $50,00 reais por dia,topei na hora e ja ia começar na segunda,tava feliz por arranjar grana e eu poderia comer o garotinho; na segunda cheguei no sitio depois do almoço e o garotinho tinha saido com uma tia,ate as 5 hs ja tinha limpado uma cocheira,faltava tres,no outro dia o garotinho tava e foi comigo,ja cheguei e fui comer ele,dessa vez peguei um latao de 200 litros calsei ele pra nao rolar,botei ele deitado em cima e e lambusei o cu com a vaselina,olhei pra ver se nao vinha ninguem e finquei o piru,ele sentiu quando entrou mas nao deixei ele sair, fiquei metendo e vi dona rosa vindo,rapido tirei meu piru do cu dele,ela fui ao encontro dela e ela me pediu pra olhar o filho pra ela ir buscar o nenem que tava na casa da irma dela,ela nem tinha chegado ao portao e eu ja tava metendo,o garoto nao se mexia e tava quietinho,eu me fartei no cuzinho,dei uma gozada e fiquei todo suado,me senti feliz,era muito gostoso,trabalhei pesado e,deixei mais uma cochera pronta,antes de ir embora meti de novo,e demorei a gozar,meu piru tava durao mas eu nao conseguia gozar,tirei de dentro e comecei uma punheta,quando tava quase gozando enfiei e gozei dentro,quando meti meu piru entrou mais um pouco,mandei ele cagar pois vi que o leite saia todo,eu ja tava aprendendo, limpei ele e fui pra casa,no outro dia resolvi amontoar o lixo que tinha tirado, e deixei uma cocheira pela metade,na hora de ir embora,quando ia meter veio uma menina de uns 8 anos,chamar o garoto,ai nao teve jeito;ja no outro dia ja cheguei metendo,tinha achado um colchao de espuma e coloquei ele de quatro,passei so um pouco de vaselina na portinha do cu dele,e comecei e enfiar,meu piru entrou todo,fui deitando ele e fiquei metendo deitado por cima,,depois fiquei de ladinho e dava pra ver meu piru entrando e saindo gozei duas vezes assim, quando terminei fiquei tremendo,sentei pra descansar,ai chegou a menina que viu ele cagando meu leite,falei pra ela que ia limpar a bunda dele pois ele tinha feito coco,passei o pano que ja tava ficando engomado,e a menina ficou rindo,seria muito bom se ela topasse mas eu nao quiz arriscar,ela foi pra casa de dona rosa e levou o garoto,fui limpando as cocheiras mas ja deixava o lixo arrumado,no outro dia a ultima cochera ficou limpa,antes de ir embora fiz ele chupar e gozei na boca dele,acho que ele gostou porque engoliu tudo e ainda continuou chupando,do jeito que ele chupou eu tive certeza que ele ja sabia,cheguei em casa bem cansado que nem fui pra escola,acordei tarde e depois do almoço fui trabalhar,arrumei as coisas que tirei das cocheras dentro de um comodo,com mais dois dias terminaria,dessa vez me sentei no colchao e mandei ele sentar no meu piru,foi entrando rapido e tive que segurar ele,senti encostar la dentro,fui levantando e descendo ele ate gozar,quando gozei meu leite me lambusou os pentelhos,tirei o pau e, depois que lavei deixei ele chupar,ai acabou o serviço,dona rosa veio e telefonou pro dono,marcamos pro outro dia na parte da manha era domingo e ele chegou com um caminhao e dois ajudantes,rapidinho ficou tudo limpo,ele ficou olhando meu serviço e nao disse nada,o caminhao foi embora e ele me chamou,disse que nao esperava que eu arrumasse tudo no comodo,tinha pra receber $350,00 e ele me deu $400,00,fui pra casa bem contente mas a noite na hora do banho fique pensando no garotinho e gozei na punheta,passei a semana nervoso e no sabado fui no sitio como nao quer nada,o portao tava fexado e passei direto,quando voltei dona rosa estava chegando,parei e cumprimentei ela,ai ela me convidou pra entrar,eu disse que tava com saudade do meu pequeno ajudante,e ela disse que ele tava na casa da irma dela,ela disse que eu poderia vir no outro dia para ver ele,claro que fui, e dei um jeito pra levar ele pra cochera,dei pra ele chupar e gozei,voltei com ele pra nao sujar,fique conversando um pouco com dona rosa e,ela disse que eu poderia vir sempre que quizesse,e que podia levar o garoto pra passear no bagajeiro da bicicleta,ai ficou bom de mais,agora vou todo sabado e domingo e trago ele pra minha casa,meto tanto que ele ja ta ficando largo,tem um filho da minha vizinha que ja esta começando a brincar com o garoto,eles tem a mesma idade,e a vizinha deixa ele la em casa,vou começar e brincar com ele no proximo final de semana.