Eu e a novinha de 18



Click to Download this video!

Meu nome é Reys e o que eu vou contar realmente aconteceu, esse é o meu primeiro contato então vou me apresentar. Sou moreno claro, olhos castanhos escuros, cabelo curto, 95 kg bem distribuído e malhado, tenho 1,78 de altura, eu sou segurança e trabalho em um empresa muito movimentada, certo dia fui informado que chegaria uma nova estagiária e como teria que passa por mim primeiro teria que lhe dar o crachá e leva lá até o RH, o nome dela é Carolina loirinha bem baixinha peitos médios, seus olhos parece com o seu de Londres meio cinza, seu corpo é do tipo não me toque pq posso quebrar, magrinha e toda delicada.

Nos passar da semana ela sempre ela mudou o seu comportamento e passou a parar um pouco na portaria e conversar sobre acadêmica e sempre me perguntava se ela estava com o corpo legal e me pedia algumas dicas, ela passou a falar comigo olhando nos meus olhos e aquilo foi como se ela acendesse uma chama dentro de mim, eu sempre na minha até que em uma sexta feira quando ela chegou me viu colocando uma bolsa dentro do meu carro é me perguntou se eu iria sair para algum lugar depois do trabalho e respondi que sim, de imediato ela me falou eu também vou junto saiu sorrindo e me olhando, uma colega estava no portão e falou para ela cuidado em já viu o tamanho dele esse homem acaba com você, ela parou me olhou e falou olhando para mim. Só crédito vendo pago pra ver e quero prova, ela entrou e minha colega de turno me falou com um tom de safadesa, segunda feira vou ficar sabendo de tudo então se liga.

Passou o dia tomei o meu banho e quando saí ela estava na porta do meu carro junto dessa minha amiga comendo uma maçã me olhou e me fez a seguinte pergunta. Você gosta de comer qual maçã a verde ou a vermelha? Respondi dizendo eu gosto de comer a maçã suculenta não ligo para cor o que eu gosto e de sentir o sabor. Minha amiga saiu sorrindo e entramos no carro, eu perguntei para ela. Para onde você quer ir? Ela me olhou e só falou me leva em qualquer lugar, saímos com o carro eu olhei para ele começamos a conversar e falei vou te levar em um restaurante ela falou blz e eu entrei no primeiro hotel que eu ví, e então ela me perguntou. A sobremesa não é depois ? Sem falar nada entrei com ela na suíte e para a Minho surpresa ela me falou uma coisa que nunca vou me esquecer.

Já que você me trouxe para um hotel de cara você vai ter que me estuprar e direito pq se você não fazer isso eu vou falar pra todo mundo que você é pau mole.

Confesso que de cara eu fiquei assustado com aquela atitude peguei ela pelos cabelos e arrastei ela até o cavalinho me sentei e botei ela no meu colo de pernas abertas e fiquei ali beijando e alisando ela toda, tirei a camisa dela eu chupava os peitos gostoso de bico rosado dela segurava ela pelos cabelos, metia a mão na cara dela é chamava ela de cachorra vagabunda, puda de bar e por aí em diante, ela já estava ficando de corpo mole quando eu falei vamos botar a banheira pra encher levantei e passei a beijar ela toda alisando aquela buceta que estava cada vez mais quente, tirei sua calça jeans tudas as suas peças de roupas deixei ela peladinha e eu alí de rola dura ela alisava apertava e pedia pra chupa, coloquei a banheira pra encher e voltei para o quarto tirei minhao resto de minha roupa e ela foi para o chuveiro e trei atrás e lá eu beijei ela passei a mão nela toda chupei os peitos e fui até a buceta dela.

Quando cheguei na buceta dela a água quente passava por ela que buceta linda pequena e rosinha meti a boca e passei a chupa come se fosse a última buceta do mundo menos de cinco minutos ela já tinha gozado duas vezes gritava de tesão e suas pernas tremiam como vara verde ela quase caiu e então levei ela para cama desligue a banheira e na cama eu botei ela pra me chupar.

Ela chupava minha rola e eu dava ordem para ela chupa sua vadia, mete esse pau na boca empurava a rola na garganta dela com toda minha força ela gemia de tesão e cada vez chupava com mais força segurei ela pelos cabelos e fiz a boca dela de buceta como eu fudia aquela boca ela gemia e babava, e eu purava a pika e chava ela de vadia puta cachorra socava ela queria fugir e eu empurava, botei ela de quatro e não tive pena e falei. Então você vai falar pra todo mundo o que fizer com você aqui né ela respondeu gemendo vou filho da puta. Não tive pena minha rola já estava toda melada eu coloquei a cabeça na ponta do cuzinho dela é sem pena nenhuma eu empurrei de uma vez só toda a minha rola no cuzinho dela que gritou alto e já foi falando tira porra tá maluco, puchei pelos cabelos e segurei na cintura e sem piedade eu comecei a socar com todas as minhas forças eu nunca tinha socado em um cu da quela maneira com toda a minha força ela gritava, bota porra !!!! Come esse cu caralho filho da puta tá machucando!!!! Aí Aí Aí me estuprar me mata vai vai fode porra !! Fode esse rabo ela começou a. Chorar e gritar dar mais da essa pika !!!!! Meti tanto com força que meu espermatozóides não tinha nem como sair em meio aquela violência toda, ela começou a querer sair da posição então eu passei a segurar só no cabelo e passei a da tapas na cara dela é então depois de tanto socar na quele cuzinho sem pena e sem piedade eu virei ela de frente ela sentou na cama estava com os olhos vermelhos te tanto chorar botei a rola na boca dela é fiz um vai e vem carinhoso e gozei tudo na boca dela segurei ela pelos cabelos levei ela até o espelho mandei ela ficar de quatro e olhar o cuzinho dela, ela ficou e olhou. Caralho que isso tá muito aberto.

Vamos para a banheira e fui com ela tomei um banho de banheira ela ficou que tinha no meu colo, depois voltamos para a cama e ela me pediu para fuder a buceta dela em todas as posições que ela conhecia depois de fuder bastante e de muitas gozadas ela me pediu pra fuder o rabo dela outra vez.

Foram 12 horas de muita gozada cheguei em casa todo moído de tanto fuder, tudo isso com camisinha, e depois desse dia até os caras na empresa que não me dava nem um bom dia passou a falar comigo, ela é a minha querida amiga de trabalho passaram a ser grandes amigas E me convidaram para ver um filme na casa dessa minha Amiga que se chama Yasmin e o filme deu muito bom, essa história eu vou contar outro dia bjs a todos espero que tenham gostado a final foi meu primeiro contato.