Jogo do sexo teve troca de casal



Click to Download this video!

Esse conto aconteceu em abril de 2016. Me chamo André 25 anos, minha namorada se chama Francine 19 anos, sua irmã se chama Samara 16 anos e o namorado dela se chama Lorran 17 anos.
Certo dia estavamos sozinhos em casa, no tedio, uma segunda-feira a noite, chovendo, não havia nada para fazermos, e como eu e Lorran iriamos durmi na casa delas estavamos pensando em alguma brincadeira para animar, no inicio, só vinha brincadeiras de baralho na cabeça rsrs.
Até que lembrei de uma brincadeira que havia visto na internet, que no caso sentaria nos 4 em circulo e ficaria uma garrafa pet no meio, que cada um rodaria uma vez, as duas pontas da garrafa que apontasse para os dois, eles teriam que fazer o que estaria em varios papeis dobrados dentro de um saco plastico.
Cada um colocou alguma coisa para fazer no papel, ninguém sabia o de ninguem que havia escolhido, misturamos tudo e começamos a brincadeira.
O Primeiro a rodar fui eu, rodei a garrafa pet, e de inicio caiu Francine e Samara, tirei o papel da sacola e saiu ” Beijo de lingua”, as duas então tiveram que se beijar, para alegria minha e do Lorran rs.
Depois Lorran rodou a garrafa pet, caiu virado pra ele e Francine, Lorran então tirou o papel da sacola e saiu ” Ela oral Nele”. No inicio bateu um pouco ciume, mais como tinhamos combinado e eu também poderia da sorte com a Samara, deixei rolar. Lorran abaixou a bermuda, e Francine começou a chupar seu pau, que estava meio mole e que rapidamente ficou mega duro. Ela chupou bastante e depois voltamos a brincadeira. Samara então pega a garrafa para girar, cai na direção minha e dela, para minha alegria rs. Ela tira o papel da sacola, e eu na expectativa, sai ” Beijar os pés e axilas “. Fiquei bolado, porém gostei, pois sempre curti pés de mulheres.
Peguei seus pés, comecei a beijar os dedinhos e as solinhas que estavam um pouco sujinhas, porém que gostinho muito bom, depois ela levantou seu braço e comecei a beijar suas axilas, ela riu, mais falou que era muito bom.
ai Chegou a vez da Francine, ela girou a garrafa, caiu eu e Samara dinovo, dessa vez a frase era ” Oral até gozar”. Eu amei, Lorran ficou um pouco desconfiado, mais não tinha mais jeito, coloquei meu cacete para fora e Samara começou a chupar, ela chupava e punhetava ao mesmo tempo, ficou por alguns minutos e logo avisei que iria gozar, elaa bocanhou a cabeça do meu pau, e lancei varios jatos de porra na garganta dela, sem deixar cair uma gota, ela engoliu tudo.
Depois voltamos aos lugares e foi minha vez de rodar a garrafa dinovo, quando rodei caiu Francine e Lorran, então tirei o papel do plastico e para minha surpresa veio ” Cavalgar até gozar”. Lorran pulou de alegria, ja foi logo tirando a bermuda e se deitando, Francine também tirou sua roupa e com uma calcinha muito pequena colocou para lado e sentou devagarzinho na rola do Lorran, começou a cavalgar, e quicava feito uma verdadeira putinha, até que então ela fala, amor, me da sua vara pra eu chupar enquanto cavalgo, Samara ao escutar isso, e por ja esta bolada que seu namorada tava comendo outra, se levantou e falou, acabou a brincadeira, eu que vou cavalgar na vara dele agora. Logo tirei minha bermuda, Samara cuspiu na cabeça do meu pau e ja sentou com força, cavalgava feito uma doida, me beijando, até que escuto Francine falando que iria gozar, e Lorran também. Os dois gozam juntos, Lorran goza dentro da buceta de Francine sem camisinha e ela nem ai, devido a ta com tezão extremo.
Chega minha vez de gozar, aviso Samara que vou gozar e a mesma pedi, goza dentro que quero engravidar de voce. Enxo a bucetinha dela de leite, Ela geme e começa a falar que foi maravilhoso.
Depois disso decidimos parar a brincadeira, pois Samara ja estava um pouco bolada.
Hoje em dia ela me manda msg pedindo para repitirmos pois ela quer trair Lorran.