Nunca foi santa



Click to Download this video!

Estou casado com minha mulher a 20 anos e ela continua deliciosa e com o passar dos anos se aprimorou na arte do sexo, da um show, quando a conheci ela sempre deixou claro que não era inexperiente em mateira de sexo, sempre que tentava que ela me falasse ela falava que era passado, pois bem semana passada saimos a noite e para variar terminamos em um motel, eu deitado na cama ela sentada em cima de mim, tinha uma visão deliciosa dos seios carnudos e deliciosos ela brincava com meu pinto, ora chupava ora esfregava ele na sua buceta já melada, mas quando eu falo que ela era espetacular na cama e que eu agradecia aos homens que a tinham comido e ensinado ela a trepar deste jeito, ela sorri e concorda e fala que realmente aprendeu com os homens que teve e começa a falar,
A Primeira vez: tinha 16 anos e com o primeiro namorado, depois de alguns meses de namoro ele a levou para a casa dele e ela cedeu, ela sangrou um pouco sentiu um pouco de dor mas gozou na primeira trepada e isto eu sei ela até hoje goza muito e varias vezes.
Teve alguns namorados e sempre deu e recebeu muito prazer, sentia ela esfregando sua buceta no meu pinto sem a penetrar e ela estava muito molhada sua buceta se abria e eu esfregava fundo nela seus labios vaginais cobriam meu pau e a cada toque em seu clitóris ela dava gemidos deliciosos, foi então que ela me fala de um cara que ela encontrou no porto em Manaus, ela com amigos bebendo, este cara se aproxima e a convida para passear de lancha, e ela sentindo um tesão enorme aceita, do outro lado do rio a areia branca o sol e algumas cervejas, ela resolve tomar um banho no rio mas tira o biquini e nua caminha pela areia e entra no rio, era um convite que e o cara não rejeita e ela trepa muito no rio, eu sentia um tesão enorme e um ciumes enorme imaginado ela sendo comida eles voltam e ela nunca mais o viu, e logo depois de tomar mais um gole do whisk ela me fala que já tinha tiido um caso com um homem casado, ela na época tinha 21 anos e ele 50, ela a fazia gozar muito pois sabia trepar, e eu pergunto se era um chefe e ela fala que era um cliente da empresa que trabalhou, sentia ela acelerando a velocidade se esfregando em meu pau e ela lambuzava de tão molhada, pergunto mais e ela fala que os mais exitantes tinha sido estes mas que fazia mais de 20 anos que era mulher de um homem só, homem que que dava muito prazer a ela, e a fazia gozar como nunca, e neste momento ela pega meu pau e coloca dentro dela, estava tão molhada que ele deslizou fundo nela e ela grita de prazer e seu gozo vem muito rapido sentia um caldo quente em meu pinto e ela se debruça e coloca seus seios em minha boca, e ela saltitava em cima de mim fazendo eu sair e entrar dentro dela, a cada aperto nos seios era um gemido, e aos gritos ela fala que ia gozar novamente, e pede que eu goze tambem e gozamos pois eu já não aguentava mais, gozamos aos gritos, ela saltava em cima de mim com força e ela era fodida com força e violencia, ela falava que eu a estava estuprando mas ela era que comandava os movimentos, ela teve varios gozos seguidos e apagamos.
Quando ela se levanta ela me beija e fala que eu a tinha fodido muito que estava toda dolorida e inchada, e realmente estava sua buceta estava enorme e deliciosa, e ai eu tive a certeza que ela nunca tinha sido Santa, ainda bem.