Juliana minha esposa deliciosa…



Click to Download this video!

Olá meu nome é Gustavo, casado com Juliana uma delicia de mulher muito sexy mais tambem educada e discreta, comecei a namorar com ela ela tinha 15 anos, eu 24 na época ela era uma falsa magra com belas coxas e bundinha redondinha, hoje tem 45 anos é um mulherão pois sempre foi de malhar na academia… ensinei ela desde novinha a gostar de usar calcinhas tanguinha enterrada e bikinis pequenos… em prais que não tinham gente conhecidas… sempre fantasiava em nossas transas ela transando com outros homens e ela sempre falava que só como fantasia pois achava que não tinha nada haver com sua educação…Os anos se passaram e eu sempre tarado de ver ela com roupas sexy mais que eu saiba nunca fez nada, apesar do meus estímulos para ela paquerar ela apenas paquerava em locais que não tinham pessoas conhecidas em viagens,.. percebia que ficava animada em em algum barzinho quando alguém ficava de outra mesa flertando com ela… pois ficava primeiro sem graças. e perguntava oque foi e ela dizia tem um cara na mesa ao lado sorrindo para mim ou por não para de olhar para ela… o máximo que ela fazia quando eu me levantava para ir ao banheiro para lhe dar uma oportunidade era receber uma cantada um bilhete no guardanapo e ficava só nisso… e me frustrava… ate que uma noite de verão a convidei ir num barzinho a beira ela adorou a ideia … pedi para ir bem sexy como sempre pedia… pedi para colocar uma calça bege meia acetinada que marcava muito sua bunda gostosa e a xana… ela falou que não podia pois ela estava fazer já a doi meses aulas na academia de spinning (bicicleta) e sua bunda e coxas tinham fortalecido seu tonos muscular e ficou muito agarrada nela e se sentia vulgar… eu lhe valei que coloca-se eu lhe falaria se fica-se ruim… bem não preciso falar amigos ficou de parar o transito, foi difícil ate para entrar e a convenci a ir com ela e pedi para usar uma calcinha que marcaria muito… Quando chegamos as mulheres que lá estavam ficaram até incomodada pois minha mulher estava um tesão; eu falei querida hoje voce esta poderosa… ela falou com um lindo sorriso discreto.. eu os homens todos estão me olhando. escolhemos uma mesa em frente ao grupo de 4 casais que conversavam muito um com outro… notei que um rapaz de uns 30 anos boa forma e aparência não tirava os olhos de Juliana, era só a mulher de virar para falar com alguém ele a fritava nos olhos… percebi pela primeira vez que ela tinha achado ele um gato… isso durou horas e horas de deliciosa troca de olhares… até ela falou que iria ao banheiro… percebi que o rapaz discretamente tambem foi…fique muito excitado ao perceber… demorou uns 10 minutos ela voltou com um belo sorriso nos lábios, eu perguntei oque foi querida ela disse, voce não vai ficar chateado … eu disse que claro… ela falou o rapaz a parou próximo do banheiro e conversaram e trocaram n. de celular… me falou …tá tá feliz… eu disse voce não sabe quanto… Notamos que a noiva do rapaz percebei alguma coisa pois ficou cara feia para minha esposa…Bem achei melhor irmos embora pois poderia virar algum barraco de tão feia a cara dela… e afinal ela tinha um contato de um homem… no dia seguinte era domingo e nada do rapaz ligar… falei para ela ligar, mais falou voce ta pensando que sou uma piranha ele tem noiva… eu falei voce tem marido… ela disse não me sinto bem nessa situação pois não gostaria que fizessem isso comigo… Bem segunda feira achei do trabalho e percebi que estava um silêncio e subi para nossa suite ela esta se arrumando… cheguei de mansinho ela esta escolhendo uma calcinha nova tanguinha branca bem pequena, pensei deve ter comprado… fiquei na fresta da porta observando o capricho da arrumação colocou um vestido que ficava muito sexy nela… nisso entrei e falei cade as nossas filhas… ai amor mandei dormir na casa de sua mãe e já foram… porque amor… Bem lembra do rapaz do barzinho disse Bruno me ligou a tarde e ficamos 2 horas conversando; de inicio falei que achei ele um gato mais como tinha uma noiva que eu nunca tinha aido com outro homem depois de casada, que tinha gostado dele num todo, mais que que faria isso com outra mulher… eu preguntei e ele … me disse que ela tinha percebido que ele me paquerou no bar, e brigaram pois sua relação já andava bem… e disse que gostava de mulher mais madura e linda como eu.. . ai amor m desmanchei… disse que não queria só uma transa… e ela disse eu tambem não quero promiscuidade… e marcou com ele na porta de nossa casa as 9 horas pois voce consentia … Então sai as compras depois, depilação … Perguntou voce esta bravo… disse não dá uma olhada eu tava de pau duríssimo…ela começou a rir e me beijou… 9 horas tocou o celular dela era ela … ela parecia uma adolescente indo ao primeiro baile…Me disse esses anos todos que estamos juntos sempre foi muito fiel, mais que eu despertei nela o prazer de ser desejada que essa era uma oportunidade que sempre sonhou… ela pediu para ele por celular entrar na garagem do subsolo que já tinha dado ordem ao porteiro…Ela sabendo do meu tesão me pegou pela mão e falo vamos comigo até a garagem amor e falei que não pois achava que ainda não era o momento… ela disse não atrás do vidro espelhado do holl do elevador de serviço que vou cumprimenta-lo com um beijinho para voce me esperar com mais tesão… lá em baixo pude observar-la discretamente dando a mão para ele e dando um beijo rápido de lingua… 3,4,5 horas ela abre a porta de casa com um sorriso iluminado me pegou pela mão e disse amor contei que voce consentiu do encontro e que ele me pediu para namorar e que seria fiel a mim … se voce permitiria… oque voce pensa disso amor… perguntei voce quer amor ela disse ai amor não estou conseguindo nem sentar de tanto que ele me comeu com seu pauzão grande… eu quero muito… amar só amo voce mais não fico mais sem esse pauzão dentro de mim… ela sorriu me beijo … ligou para ele que estava na rua lá embaixo dentro do carro para, falou fica na linha e olhar pela janela… olhou para baixo e disso no no telefone sorrindo como uma menina agora sim estamos namorando… Continua em outra história… ( Juliana minha esposa deliciosa 2 )