Sempre putinha



Click to Download this video!

Meu nome é Fabiana e tenho 13 anos. Sempre tive uma bundinha grande e empinada, peitos médio, coxas torneadas e cinturinha definida.
Posso dizer que sempre tive fogo do cú. Sempre me masturbei gostoso enfiando meu dedo na minha bucetinha.
E foi aos 13 anos que perdi minha virgindade, e foi muito bom.
Estava no sétimo ano e conheci um menino do nono. Ele pediu meu número do WhatsApp e eu dei. Ele era alto, branquinho, olhos verdes e cabelos morenos: Uma perdição. No dia seguinte ele falou comigo. Nós tivemos conversas normais. Mas na outra semana, a coisa começou a esquentar: Ele começou a me mandar nudes e sou obrigada a dizer que amei ver aquele pau ENORME. Eu fiquei muito exitada e me masturbava muito. Eu também comecei a mandar fotos e vídeos para ele e dai em diante toda vez que falava com ele pessoalmente, percebia que ele ficava com o pau duro.
Mas nem ele e nem eu nos contentamos com apenas fotos. Eu tinha que transar. Então nós combinamos um dia na casa dele. No dia combinado, fui para casa dele depois da escola e só tinha nós dois lá.
Ele começou a me beijar descontroladamente e me levou para a cama dele. Eu finalmente pude chupar aquele pau enorme. Ele não coube todo na minha boca, mais foi muito bom. Depois foi a vez dele me chupar. Ele chupou minha bucetinha com a maior vontade do mundo e eu quase gozei na boca dele. Logo depois ele começou a me penetrar e eu me sentia estar sendo arrombada com aquele caralho dentro de mim. Enquanto ele me fodia ele apertava me peitos e eu gemia pra caramba. Depois de um tempo assim, eu gozei e depois foi a vez dele. Ele gozou em cima de mim, me enchendo de porra.
Nós repetimos isso várias vezes e foi maravilhoso. Depois disso transei várias vezes com vários caras de variadas maneiras, mas isso já é outra história. Até o próximo conto!