Aos 11 Penetrado e Apaixonado(Part4) Agora Papai Entrando em Mim



Click to Download this video!

Para entender sugiro que leia desde o começo!

Bem continuando:
Depois que terminamos aquela putaria entre meu Pai, Daniel e eu, fomos passear… Em um lugar da cidade que era como se fosse um shopping… Meu pai ficou em uma pizzaria bebendo cerveja, e Dane e eu fomos ver um filme em um cinema que ficava no lugar…
Quando o filme acabou Dane e eu fomos até onde estava meu pai, que ainda bebia, e que aparentava uma felicidade nos olhos que eu nunca tinha visto… Nem no dia que Mateus meu irmão cassula nasceu ele tinha ficado assim…
Quando chegamos ele manda nós escolhermos o que quiséssemos para comer… Escolhemos uma pizza completa. E papai comeu junto com a gente…
Já era por volta das 21h30, quando papai nos chama para voltar para o Hotel…
Aquele momento fez meu coração disparar incontrolavelmente…
Ao chegarmos no Hotel, papai pediu para Daniel pegar as chaves do quarto na recepsão, e da uma piscada para ele.
Enquanto isso ficamos sós no carro… E ele começa a falar:
Igor… Meu filho sabe que eu te amo não é?
Eu falo:
Sei papai…
Sei que o senhor sempre me amou, mesmo eu não sendo teu filho…
Nesse momento papai olha sério pra mim e fala:
Igor… Nunca mais repita que você não é meu filho entendeu?
Se você falar isso mais uma vez, eu vou te dar a surra que eu nunca te dei ok?
Eu olho espantado pra papai, pois ele até aquele momento nunca tinha sequer falado em me bater…
Claro papai…
Ele continua falando:
Igor… Eu coloquei Daniel pra te iniciar por dois motivos…
1º… Eu te amo muito… E queria que você sentisse o quanto é bom brincar com seu cuzinho e pintinho…
Meu pai brincava comigo quando eu era até mais novo do que você, e eu sei como é bom…
E eu quero realizar um sonho…
Eu falo:
Qual sonho papai?
Ele pergunta:
Adivinha lindão do pai?
Eu:
Sei não papai!
Ele respira fundo e fala:
Sabe seu irmão Victor?
Hanran!
Poisé… Minha ex-mulher falou que já pegou ele fazendo troca-troca como você e Dane fazem, e foi com 4 meninos da rua…
E eu quero comer vocês dois juntos… E se der até o Dane também… E quando seu irmãozinho Mateus ficar mais velho, nós 4 fazermos isso…
Eu fico espantado mais uma vez… Mas meu pinto começa a ficar duro…
Igor… Eu incentivei Dane pra te ensinar até aqui por causa do seu irmão… Quero que você seja o primeiro a comer ele de verdade, pois ele falou pra mim que não deixou os moleques meter de verdade, mas só brincar na portinha…
Então Igor vai ser você quem vai começar a tirar as preguinhas do cuzinho do seu irmão certo?
Eu com um mix de curiosidade, medo e Tezão falo ta bom papai…
Então Dane volta com as chaves balançando, e vamos pra o quarto…
O Hotel não tinha elevador, e nós estávamos no 2º andar, e tínhamos que subir dois lances de escadas… A escada ficava num corredor meio escuro, e papai manda Dane e eu ficarmos a sua frente na subida, e discretamente ele coloca as mãos dentro de nossas calças, e fica cutucando nossos cuzinhos com o dedo… Riamos muito com aquela situação…
Chegando no quarto:

Papai fala pra Dane que a noite seria só minha, e ele ficaria olhando e calado… Dane deu um sorriso meio amarelo, mas concordou… Então papai manda eu dançar e começar a tirar a roupa, menos a cueca, pois ele quem tiraria…
Eu começo a fazer uma dança meio desengonçada, mas papai fica louco.
Quando eu estava só de cueca papai pula pra cima de mim que quase me derruba, e começa a me beijar enlouquecidamente…
Nessas alturas meu pinto tava quase estourando de tanto que tava duro… Dane só batinha uma punhetinha olhando pra tudo aquilo…
Papai arranca com a boca minha cueca, e começa a chupar meu pintinho e falava assim:
De quem é esse pintinho seu putinho gostoso do papai?
Eu falava:
É Teu papai… Só teu e do Dane…
Ele continua:
De quem vai ser esse cuzinho hoje a noite?
Só de você papai…
Pede filho… Pede pra eu te comer, e meter minha rola no teu bumbum?
Papai come meu bumbum… Mete essa rolona dura no bumbum do teu filho…
Então papai me coloca de 4 na cama, e começa a lamber meu cu. Ele enfiava tanto a língua no meu bumbum, que mais parecia um pintinho querendo me penetrar…
Nesse momento eu gemia feito um verdadeiro putinho… Papai cada vez mais louco pega em meu pintinho e começa a bater uma punhetinha enquanto me fazia o melhor cunet do mundo…
Então ele diz:
Dane cadê? Então Dane pega na mochila um vidro com um creme que depois me falaram que era anestésico, e papai começa a colocar em meu bumbum com o dedo…
Aquilo era gelado mas era bom… enquanto isso Dane começou a chupar o pau de papai para deixalo babado para a missão do campeão, que era terminar com minhas preguinhas…
Papai fala pra Dane ficar de juelhos na minha frente…
Dane fala:
Igor… Só cheira meu pinto… Não chupa… Só cheira ok?
Então ele encosta o pinto dele que de tão duro babava aquela babinha de tezão…
Papai posiciona a cabeça da rolona na entradinha do meu bumbum, e diz:
Igor… Você me faz o pai mais feliz do mundo… Pede agora vai!
Papai… Mete tua rolona no meu cuzinho…
Então papai começa a forsar… Gente… Começo a sentir uma faca rasgando meu anus… Eu começo a pedir:
Papai… ta doendo… Para um pouco…
Papai fala ta bom relaxa…
Eu relaxo o cu, e papai segura em meu quadril e mete de uma só vez até a metade… Gente eu dei um grito com todas as minhas forças… Mas Dane por já saber como seria tapou minha boca… Agora eu entendia por que eu não devia colocar o pinto de Daniel na boca… Se ele estivesse em minha boca, provavelmente eu arrancaria com uma mordida na hora da estocada. Fatal…
Eu chorava com tanta dor… E Dane só falava aguenta Igor… Vai ficar bom.. Cheira meu pinto que ajuda…
Papai gemia de prazer e falava:
Igor… Já entrou tudo…. Agora papai vai deixar você se acostumar pra depois te comer…
Papai ficou uns 10 minutos com o pinto todo enfiado no meu reto…
Eu sentiha uma dor alucinante, mas não pedia pra ele tirar mais, pois eu queria agradar a ele, mesmo que eu estivesse sendo arrombado..
Depois desse tempo pra melhorar minha situação, papai pergunta:
Igor… Papai pode começar?
Eu ainda choramingando falo:
Pode papai, mas por favor vai de vagar, por que ainda ta doendo muito…
Papai manda Dane sair da cama, e começa a me comer bem lentamente…
Ainda doía muito, mas eu já achava que poderia ficar bom… Bom o quanto era bom com Daniel…
Depois de uns 15 minutos que papai me comia, a dor já diminuía, e eu já começava a sentir uma coisa boa…
Papai falava:
Igor… Quem é que o papai ama mais nesse mundo?
Eu falava:
Sou eu papai?
Claro Igor…
Dane… Bem que você falou que esse bumbum era a coisa mais gostosa do mundo… Nenhuma mulher tem um cuzinho tão quentinho, apertadinho, e gostosinho como meu filinho…
Papai vendo que meu pintinho já tava duro, pois quando ele começou a meter em mim ele tinha se escondido, começa a bombar com vigor dentro de mim, e eu já sentia aquela sensação que eu sentia com o Pinto de Daniel…
Papai já tinha mais ou menos me fodido por uma meia hora alternando entre rápido e devagar, e as vezes ele parava, acho que pra segurar o gozo, anuncia:
Igor… Se prepara que papai vai te dar leite na bundinha…
Papai gozou tanto, mas tanto que eu achei que seu pau não ia parar de dar espasmos dentro do meu reto…
Depois nós caímos desfalecidos um em cima do outro.
Papai ainda com seu pinto dentro de mim… Me pega nos braços de costa pra ele com seu pao atolado em mim, me põem sentado no seu colo e levanta minha cabeça pra beijar minha boca…
Seu pau meia bomba ficava duro novamente, e papai fala:
Igor… Cavalga na rola do papai… Vai seu putinho gostoso…
Eu começo a cavalgar em seu pau, e papai começa a gemer abafado chupando minha língua, e as vezes mordiscando minha boca…
Papai fala:
Dane chupa o pinto do meu filho seu puto…
Dane pula da cama pra chupar meu pau…
Papai me fodeu de novo até gosar mais uma vez em meu cu… Nesse momento eu também gozo… A primeira vez que saiu porra do meu pinto… Uma porra bem ralinha, mas que fez Dane gritar de alegre:
O Igor Gozou tiu… O Igor gozou em minha boca, e mostra pra nós sua boca melada, e papai pede:
Dane beija minha boca pra eu sentir o gosto da primeira gozada do meu filho…
Depois que o pau de papai saiu do meu bumbum, nos levantamos, eeu olho pra o colo de papai, e me assusto… Tinha sangue… Isso mesmo… Sangue de minhas pregas agora perdidas…
Papai me acalma e diz:
Igor fica preocupado não… Isso é só seu cabaço que papai tirou…
Fomos pra o banheiro tomar banho os 3, e Dane bate uma punheta e goza na minha barriga mirando o pau em mim…
Bom gente… No próximo conto como foi que eu iniciei meu irmão Vitinho, e como eu levei ele pra ser nossa putinha, uma vez que ele nunca quis me comer…
Mas já sabem… Pra eu continuar, tem que ter comentes….
#Aos11