Adoro uma quenguinha infantil



Click to Download this video!

eu morava em passo fundo e minhas filhas caçulas tinham dois e tres anos.Eu as levava todos os dias pra creche,mas quanto aos sabados e feriados elas ficavam em casa. Minha mulher trabalhava e nssa época estava me taíndo,por isso andava desplicente com tudo a sua volta.Kelly era uma menininha de uns nove anos que morava ao lado d minha casa.
Ela tinha um irmão viado,morava com a avó que era uma puta,…(coroa bonita e gostosa,…) a mãe casada com o cara que tava pegando minha mulher. Bem todos os dias a kelly vinha em casa brincar com minhas filhas e quando não tinha aula passava o dia todo, até almoçava em casa.
Uma vez minha mulher chegou pra almoçar e nós tinhamos brigado pois, eu sabia que ela estava me traíndo porém,…ela não admitia.Nós estavamos bastante individados.Então a chantageei:-
vou ti largar e pagar uma penssãozinha !
Ela disse:-
-vc não pode fazer isso!
-eu disse:-eu fico mas quero comer seu cú todos os dias!
Como ela estava só de calcinha na sala.Eu me inclinei a comer o cuzinho dela na marra.
Na verdade eu disse que estava muito atrasado e precisava gosar e se ela não colaborace eu ía procurar outra puta.Ela propos me fazer uma chupetinha e que a noite a gente resolvería.Quando eu estava quase gosando pedi pra esfregar o pau no rabo dela. Ela concordou e eu lambi e lambusei bem o cuzinho dela com salíva e comecei a roçar meu pau no rego do rabo dela. Colocava a cabeça do pau na portinha e dava umas estocadinhas de leve.
Quando ela facilitou eu dei uma enterrada,que ela deu um gemido alto:-
-aaaaeeeiiih,…
dei um tempinho e carquei d`novo.E ela pedindo tiraaahhhh! Ela ja gemia e chorava pedindo:-
-tiraaaah,…e eu como um cavalo,…interrando e interrando no cuzinho dela! Quando eu gosei.Eu notei um vulto passar pela janela e logo ví que alguem estava nos espiando por uma frestinha quebrada na vidraça.
Bem a rose foi trabalhar brava com o cuzinho ardendo e eu fiquei vendo tv.Daí a pouco me chega a kelly perguntando das meninas minhas filhas.Eu disse:-
-elas estam na creche.
Ela sentou-se numa bicicletinha e ficou por alí,…
então ela me perguntou:-
-porque a rose tavah gemendo tão alto?
-vc não viu oque a gente tavah fazendo?Disse eu,…
ela ficou,…muda e palida.
Aí eu completei;-ví vc espiando a gente daquele quebradinho da vidraça.
Ela ficou mais assustada ainda quando eu disse que tinha uma camera filmando ela.
Ela disse:- onde tah a camera então?
Eu disse:-depois eu mostro as imagens pra vc e pra sua avó.Aí ela entrou em desespero.
Não,…pra minha avó não,…promete que vc não vai contar nada!
Eu disse:- e porque eu não contaría?
Ela disse:-eu faço oque vc quizer!
Aí eu falei:- faz msm? Então vem káh!
Vou enssinar vc não ser curiosa e ficar espiando os outros transando.
Mas oque vc vai fazer? Ela perguntou assustadinha.
Vou fazer o msm que vc viu eu fazendo com a rose.
Ela saíu correndo e eu continuei no sofá.Aquilo me deixou excitado porque eu estava louco pra mamar naqueles peitinhos,mas não tinha tanta pressa,pois sabia que já tinha dado um bom passo para o meu objetivo.
Eu tirei o pau pra fora e comecei me masturbar.Quando menos espero ela voltou dizendo:-
-fui ver se minha avó não estava.
Ah eu do jeito que estava eu fiquei com o pau duro pra fora do calção e continuei me masturbando na frente dela.
Ela perguntou:- vc vai msm contar pra minha avó? Eu disse:-
-não se vc fizer oque eu quero.Aí ela veio toda assustadinha.Eu puxei ela pro meu colo e já fui apalpando o corpinho dela chupando os peitinhos.Eu só ouvia a suspiração ofegante dela.Joguei ela de costas no sofá e já fui rancando a roupa e metendo essa baita lingua na bucetinha e no cuzinho rosado que me deixou mais louco de tesão.
Aquele dia eu dei uma estocadas no cuzinho dela.Aí ela começou chorar e eu ainda enfiei o pau até a metade e gosei gostoso.Ai ela foi embora com o cuzinho ardendo e cheio de porra.Uma outra vez eu fiz ela gemer na vara que nem uma putinha.