Estuprei minha esposa



Click to Download this video!

Bem o que vou relatar é real e aconteceu a algum tempo…

Após anos de casados e dois filhos, nossa vida sexual não estava mais a mesma coisa e por isso comecei a ter alguns casos… Ao descobrir ela ficou brava, arrumou minhas malas e me agrediu, eu revidei e disse que não iria embora, porem, dormiria em outro quarto…

Alguns dias depois e outras tantas Brigas, não esVamos mais Nos falando ate que iniciamos uma discussão, ela disse que iria sair e dar para outros também que ela tem em tinha direitos e tudo mais, eu comecei a ficar com raiva e disse que eu não deixava faltar nada e se ela queria transar eu estAva ali, ela me deu um tapa e eu disse já que é assim que quer… Ela esta a só de toalha pois estava na porta do banheiro, entramos no banheiro e arranquei a toalha dela, para que Ninguém ouvisse nada liguei o chuveiro e dei um tapa na cara dela chamando ela de vádia e que eu iria dizer ela que nem as várias que eu comia na rua pra ela só de ser como satisfazer um macho…

Ela estava sentada no chão puxei-a pelas per as fazendo ficar deitada e abri suas pernas, ela tentava fugir e a cada vez que ela se mexia eu dava um tapa e mandava ela parar que seria mais fácil, deitei em cima dela e forcei meu pau entre suas pernas e comecei a chupar seus peitos que mesmo depois de dois filhos são pequenos e durinhos… Ela tentava me empurrar e cada vez mais eu forçava ate que consegui entrar em sua bucetinha quente e beijava seu pescoço, sua or3lha e descia em seus peitos… Fodi bastante ate que gozei dentro dela… Levantei tomei um banho rápido e sai… Tempo depois enquanto eu arrumava minhas malas ela apareceu e recomeçou a briGa agora no quarto, eu dei um tapa que a fez cair na cama e perguntei se não havia aprendido a lição… ela veio novamente pra cima de mim dizendo que eu não iria embora e sim que eu iria pagar, então eu disse ok então acho que você quer mais… Empurrão ela pra cama ela caiu de costas para mim, joguei a toalha que eu eStava pra longe e já fui mete do de novo na sua buceta, ela mexia e tentava a todo Momento se virar, eu batia na sua bunda com tapas que marcavam todos os meus dedos em suas nadegas dizendo já que ela não se comportava ela iria aprender de outro jeito….
Com uma das mãos segurei suas costas e a outra fui eu meu pau na entrada do seu cuzinho que apesar de 8 anos de casado devo ter comido umas duas vezes ao ano se muito, estava extRemamente apertado foi difícil passar a cabeça eu pau tem cerca de 20cm apesar de não ser tão grosso causa uma boa impressão, a cada centímetro ela me pedia desculpas dizia para eu parar que ela não iria falar nada para Ninguém, eu respondia que eu iria terMinar o que comecei e que ela deveria ser boazinha… Na segunda vez demoro muito pra gozar, sei que eu me cansei mas eu não vi,a a de jeito algum, então sem tirar meu pau de dentro dela, aproveitando que ela estava cansada talvez por gozar bastante apesar do ato não ser voluntario o corpo dela a entregou, ou pela dor que estava sentindo… Ainda com meu pau dentro do seu cuzinho agora de frente pra Mim de pernas bem abertas, eu a abracei dizendo que a amava e que aquilo era pra a aprender como me tratar daquele dia em diante ela chorava pedia para parar e começou a me bater e arranhar Minhas costas eu voltava com mais vontade ate eu gozar novamente… Exausto sai de cima, ela ficou chorando… Depois disso conversamos por algumas horas enquanto eu terminava de arrumar minhas malas, pedi desculpas ao final da conversa, continuei no outro quarto por mais algumas semanas ate que nos a acertamos novamente e estamos tentando, porem, ainda hoje ela dorme sem roupa e eu sempre me pego acariciando e pensando em repetir as lições…. Quem sabe não acontece novamente e eu volto a relatar