Estuprada pelo meu marido



Click to Download this video!
Autor

Me chamo Lara, tenho 24 anos, peso 65 kg, não sou magérrima e sim malhadinha, tenho 1,63m, seios médios, bumbum redondinho e empinado e cinturinha fina, sou branquinha do cabelo castanho. Estou aqui pra contar pra vocês o que aconteceu comigo a um ano atrás, Vamos lá então…

Eu era casada com um moreno gostoso e sexy, tipo Burke do Greys anatomy (Rsrs), ele tinha 29 anos vou chama lo de Alex . Namoramos por uns 3 anos e depois disso nos casamos . Eu não tinha transado com ninguém ainda, ele que tirou minha virgindade, que por sinal sofri bastante pois ele tinha um pênis enorme (uns 21cm) e grosso . Nossa vida sexual não tinha muitos malabarismos, gostávamos do básico . Fazia sexo oral nele, deixava o louco, porém não tinha coragem de fazer sexo anal. E ele tbm não ficava me pedindo …

Quando completamos 2 anos de casados, descobri que estava grávida, ficamos felizes, ele muito mais do que eu . Pois eu ainda fazia faculdade e trabalhava, e sabia o quanto iria atrasar minha vida tendo um filho, e ele já era um engenheiro bem sucedido. Enfim … apos eu ter explicado pra ele que não estava me sentindo tão feliz quanto imaginaria que estivesse, ele disse :
" meu amor não se preocupe, estou aqui com você, tudo vai dar certo …"

Fiquei aliviada, mas preocupada pois depois disso ele mudou, ficava desconfiando de mim, como se eu fosse fazer algo com o nosso bebê .
Daí chegou o dia da semana que mudaria completamente nossas vidas, eu estava em casa sozinha já estava com 4 meses, não tinha ido trabalhar, e comecei a sentir dores muito intensas, fui ao banheiro e comecei a sangrar, eu urrava de dor . Liguei pra ele e pedi que vinhesse em casa me pegar pra irmos pro hospital pois eu não tinha condições nenhuma de dirigir . Nesse meio tempo, quando olhei pro vaso sanitário havia um feto . Eu fiquei chocada comecei a chorar desesperada .

Após uns 30 minutos ele chegou e não acreditava no que estava vendo, eu estava sentada no chão do banheiro toda ensaguentada e chorosa. Eu pensando que ele iria me colocar nos braços e me levar pro hospital, não, ele começou a dizer :
– " sua Desgraçada, bem que eu desconfiei que você não queria esse filho, como você pôde fazer isso ?

Me pegando pelos cabelos e fazendo eu ficar em pé no banheiro, comecei a chorar e dizer:

Eu :eu não causei isso, foi espontâneo .
Ele : espontâneo ? Espontâneo ? Eu não acredito em você, estava tudo bem . Você estava tendo uma gravidez super tranquila . Eu não acredito sua vadia . Desde aquela nossa conversa sabia que vc não queria ter esse filho .

Após falar isso, ele deu um tapa no meu rosto e eu cai no chão . Desesperada tentei sair do banheiro, eu não estava acreditando que ele estava me falando aquelas coisas e me batendo . Como ele mudou tanto da noite pro dia ?

Eu : por favor Alex acredita em mim, eu não teria coragem de fazer uma coisa dessas .
Ele : não não não acredito .

Enfurecido me pegou pelos cabelos e me arrastou pro chuveiro e me deu um banho . Fiquei mais calma pois pensei que ele havia caído em si, depois me levou pro quarto, eu ainda sangrava um pouco, e mesmo molhada do banho, ele me jogou na cama, ficando em pé na minha frente começou a dizer …

Ele : esses anos que estamos juntos, eu pensei que você era a mulher certa pra mim, que me daria filhos, me amaria, cuidaria da nossa casa . Mas não, vc preferiu destruir nossa família abortando nosso filho . Um filho que você sabia que eu tanto queria . Agora você vai ver, eu vou fazer você sangrar mais, e vou te comer até você engravidar de novo sua cadela .

Eu fiquei sem entender o que ele queria dizer com isso, pois não era sacrifício pra mim ficar gravida dele e passar o resto da minha vida com ele . Então ele veio ate mim, começou a tirar a roupa, e dai eu entendi que ele me comeria ali mesmo . Mesmo eu sangrando tendo acabado de abortar .

Eu: o que você vai fazer ? Não, eu não posso fazer sexo agora . Eu tenho que ir pro hospital. Alex pelo amor de Deus o que deu em você ? Para com isso .

E me pus a chorar desesperada . Ele começou a tirar a roupa, quando vi que seu pênis estava duro, imponente, pronto pra me comer, juntei as últimas forças que tinha e tentei sair do quarto, ele muito mais alto e ágil do que eu, me pegou pelo braço, não consegui nem abrir a porta do quarto, me jogando contra a parede, ele começou a apertar meus seios, tentar me beijar, e eu tentando empurra lo, mas sem nenhum sucesso .

Ele : fica quieta, ou vai ser pior pra você !
Eu: Me solta Alex, me solta . Por favor !
Ele : eu vou te foder, até você sangrar de novo . Você é minha entendeu ? E vai ser a mãe dos meus filhos .

Ele apertava meus seios com tanta força que me fazia chorar ainda mais, e eu o empurrava e implorava pra que ele me soltasse . Daí ele me jogou na cama e eu cai deitada de bruços ele então veio pra cima de mim com aquele pau enorme latejando e abriu minhas pernas e enfiou com tudo na minha buceta que começou a sangrar de imediato . Eu gritei, gritei muito, pensei que ia desmaiar de tanta dor que senti …

Ele : grita, grita gostosa . Quero ouvir você gritando . Eu vou te engravidar . Não importa quantas vezes eu vou ter que te comer assim .
Eu: Alex por favor, você Ta me machucando.

Ele puxou meu cabelo de maneira que fiquei de quatro, e enfiava cada vez mais forte, uma duas três … quinze vezes e eu não tinha mais forças pra relutar. Ele começou a enfiar um dedo no meu cuzinho e eu fiquei mais assustada ainda, pois nunca tinha feito aquilo . Então do nada, ele tirou o pênis da minha bucetinha e começou a forçar no meu cuzinho.

Ele: relaxa esse cuzinho gostoso pra mim, relaxa . Se você não relaxar você vai sentir dor pior do que na buceta, Safada .

Como eu ia relaxar ? Ele tava surtando e eu não sabia mais o que fazer, foi então que ele enfiou aquele pau enorme no meu cu, eu não conseguia respirar, parecia que meu cu tava rasgando. Nunca tinha sentido aquilo, ele metia com força e eu gritava, chorava . Foi ai então que não aguentei mais e desmaiei . Quando acordei, estava ainda na cama toda suja de sangue . Procurei por ele e não o vi no quarto . Quando ia me levantar, senti que meu corpo estava totalmente exausto e dolorido, mesmo assim tinha que me levantar e sair dali . Fui no banheiro, tomei um banho a água parecia facas entrando em todo meu corpo de tanto que tava dolorida . Pelo menos, não sei como, eu não estava mais sangrando .

Quando estava vestindo minha roupa, ele abriu a porta do quarto, estava só de cueca ainda . Na mesma hora fiquei tensa, aquela onda quente de medo se apossou de mim .

Ele: o que você Ta fazendo ?
Eu : eu vou embora .
Ele : embora ? Você só vai embora passando por cima de mim.

Falando isso, ele já estava na minha frente me agarrando e tentando me beijar .
Ele: você não vai pra lugar algum meu amor, eu ja falei . Se você teimar em sair daqui você vai levar uma surra .
Eu: Alex o que aconteceu com você ? Me larga, eu te imploro . Por favor me larga .

E ele me largou mesmo. Mas foi pra trancara porta e tirar a cueca . Putz já sabia o que eu ia sentir novamente … e então ele repetiu a dose .

Quando caiu a noite, na expectativa de fugir, fingir que não tinha intenção de ir embora . Ele vacilou, e eu meti um jarro na cabeça dele, ele ficou meio desnorteado e eu sai de casa . Depois disso, não o vi mais . Minha família resolveu as questões de divórcio . E agora estou aqui contando isso tudo . Obrigada pela atenção de vocês !