Explorando a Praia – Parte 1



Click to Download this video!
Autor

Meu nome é Larissa, tenho 17 anos, mulata. Vou falar sobre um acontecimento que rolou no Natal deste ano (2017). Meu corpo não é com das outras garotas da minha idade (cheio de curvas) mas eu tenho seios médios e uma cintura bem fina. 1,63 de altura, olhos castanhos e cabelos negros.

Lá em casa somos em 4 (eu, meu irmão, pai e mãe). Nós decidimos ir para Praia, eu e meu irmão acabamos convidando um primo e uma prima para ir junto. Minha prima é igual à mim, porém tem o corpo mais curvilíneo. Já o meu primo, é alto e tem o corpo malhado, moreno com olhos verdes.

O local em que iríamos era a Ilha das couves, Ubatuba. Ficamos em uma pousada que era perto de um matagal, e não era distante da areia. Eu e minha prima dividimos um quarto enquanto os meninos ficaram em outro e meus pais na suíte principal.

Meus pais resolveram ir as compras e enquanto isso ficou apenas nós quatro, meu irmão estava vidrado no pc e minha prima Mariana, estava dormindo. Até que meu primo Hemerson, me chamou para dar uma volta. Ele era realmente um tesão, mal podia me concentrar direito na paisagem enquanto aqueles lábios carnudos se moviam quando falava, e ele também parecia me observar com desejo. Quando me dou conta já estamos em uma pedra com vista para o mar, meu primo tirou a camisa e veio na minha direção, dizendo:

– Está quente aqui, não é? O que acha de tirar essa roupa?

Ele dizia cada palavra me olhando de cima abaixo e eu não pude negar este pedido vindo logo dele. Comecei com a minha regata e logo ele veio em minha direção desabotoando o meu shorts, não perdi tempo e desabotoei o dele também. Assim que ele termina de tirar o meu shorts junto com a calcinha ele sobe beijando o meu corpo passando pela coxa e deixando sua mão na minha buceta enquanto a outra vai direto para a minha nuca e me puxa para um beijo. Como não sou boba começo a masturba ele, enquanto mordisco sua orelha logo depois ele enfia três dedos em mim, eu já estava pronta para recebe – lo desde que saímos de casa. Ele me pega no colo e me prensa contra uma outra pedra menor, segura uma das minhas coxas e se ajoelha na minha frente.

– Eu faço tudo o que você quiser, porém tem que pedir com jeitinho. Ele dizia isso dando selinhos na parte interna da minja coxa, acabei soltando um gemido abafado, ele deu um sorriso e começou a me chupar como nunca antes tinha provado. Segurei seus cabelos e forcei contra mim, tentava não gemer alto, mas parece que ele queria que eu fizesse isso pois começava a chupar com mais intensidade. Mas eu queria mais e eu tinha certeza que ele também, puxei ele pra cima passei minhas pernas envolta da cintura dele enquanto ele enfiou com tudo em mim. Soltei um gritinho de prazer e coloquei minha cabeça para trás enquanto ele chupava meu pescoço e me fodia com força. A rola dele tinha uns 18cm mas era de uma grossura perfeita. Enquanto gemia de prazer e arranhava suas costas e ele arfava, até que ele gemeu alto e avisou que iria gozar, então senti ser preenchida por um líquido quente, mas ele não parou e meteu com mais força me fazendo gozar logo enseguida, não durou muito tempo e ele parou e me deu um beijo molhado e ofegante.

Meu corpo estava todo arrepiado e cansado, quando ele diz:

– Agora é sua vez de fazer o que eu quiser.

Abri um sorriso e me ajoelhei na frente dele, porém para a minha surpresa ele falou: – Agora não, mais tarde nós continuamos. Seus pais já devem estar chegando.

Nos vestimos e seguimos para a pousada, quando chegamos todos estavam assistindo tv, apenas fui tomar um banho. E para surpresa ninguém perguntou onde estávamos.

Continua…